Glastonbury
Foto: Wikimedia Commons
Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

O problema do Coronavírus ainda não foi resolvido e os grandes festivais do mundo já se preparam para um 2021 que promete ser complicado — ainda que, esperamos, menos do que 2020.

Um desses é o Glastonbury, conhecido como um dos maiores e sempre casa de atrações incríveis com apresentações pra lá de especiais. Neste ano de 2020, o evento completa 50 anos de existência e já tinha até confirmado Paul McCartney como headliner principal de uma escalação com maioria de artistas mulheres, uma atitude pioneira na indústria.

É claro que a edição acabou cancelada e, recentemente, o fundador Michael Eaves falou que só garante a realização do festival em 2022. Mas, em uma nova fala (via NME), ele explicou um pouco mais sobre as possibilidades para 2021.

Segundo Eaves, ainda há uma grande dúvida a ser respondida:

Os testes estão indo muito bem agora, a ponto de que poderíamos ter testes em massa. [Mas] nós queremos testar 200 mil pessoas três vezes — quando saem de casa, quando estão na metade do caminho, e quando chegam ao portão [do festival] — para que tenhamos certeza que não teremos COVID?

Realmente, só a própria organização poderá responder essa pergunta. Mas e você, o que acha? Encararia um evento nesse formato?

Festivais em 2021

Vale lembrar que, recentemente, o chefão dos festivais de Reading Leeds deu uma declaração parecida, mas bem mais incisiva.

Segundo ele, os testes são confiáveis o suficiente para garantir a realização do evento duplo em 2021 mesmo sem a vacina para o Coronavírus. Melvin Benn ainda afirmou que “os jovens aguentam” e que isso vai virar até mesmo uma espécie de brincadeira entre o público.

Aqui no Brasil, os dois maiores festivais — Lollapalooza Rock in Rio — já estão confirmados para o ano que vem. O Lolla, no caso, vai funcionar como um adiamento da edição deste ano, enquanto o RiR segue sua programação normal de acontecer a cada dois anos.

LEIA TAMBÉM: Lollapalooza Brasil e Rock in Rio 2021 acontecerão com intervalo de 12 dias

 
Compartilhar