Joji - Nectar

Joji é o nome artístico do japonês George Kusunoki Miller, uma figura artística pra lá de interessante na era da Internet.

Aos 28 anos de idade o currículo do cara engloba diversas áreas e além de ser cantor, compositor e produtor, ele ainda teve muito sucesso com projetos envolvendo a Internet, como canais de YouTube.

Em 2020 Joji está lançando seu segundo disco de estúdio, Nectar, e se você acha que o amontoado de nomes importantes no tracklist só serve para chamar a atenção, irá se surpreender com o álbum.

Joji e Nectar

O segundo álbum da carreira de Joji conta com participações especiais de peso, com nomes como Diplo, Yves Tumor, Benee, Lil Yachty e Omar Apollo.

Em 18 faixas, o cara percorre diferentes estilos musicais e faz uso de muitos gêneros modernos como o trap, mas apenas para acrescentar novas cores a um núcleo que está intimamente ligado a sons mais classudos como R&B, Soul, Trip Hop e até mesmo Post-Rock.

Assim que o ouvinte aperta o play, é possível sacar a atmosfera de Nectar e não há dúvidas de que ao navegar pelos 53 minutos do álbum será como entrar em uma viagem deliciosa por um mundo mais simples, livre do peso diário que estamos enfrentando em 2020.

Greg Kurstin

Outro nome importante em Nectar é o de Greg Kurstin, aclamado produtor conhecido pelos seus trabalhos com Adele e Foo Fighters.

Aqui ele não aparece na cadeira de produção mas assina a instrumentação de elementos como o contrabaixo na quarta faixa do álbum, “Daylight”, que conta com a participação especial de Diplo.

É só um dos sons deliciosos do álbum com uma base extremamente orgânica, belos vocais, elementos eletrônicos e um passo a mais para a calmaria que tanto estamos procurando.

Passe por cima de qualquer cima de suposição a respeito do trabalho do cara, que é chamado por aí de YouTuber, inclusive, de maneira pejorativa.

Nectar é um dos mais bem produzidos e mais interessantes álbuns de 2020!

 
REVIEW GERAL
Nota
8
Compartilhar