Live de Bolsonaro causa demissão no Facebook
Reprodução
   

Uma live do presidente brasileiro Jair Bolsonaro deixou um funcionário do alto escalão do Facebook tão indignado a ponto do próprio pedir demissão da empresa.

A situação foi explicada na revista New Yorker, com republicação no Brasil pel’O Globo. Segundo ambas as reportagens, David Thiel, especialista em cibersegurança que trabalhava na sede da empresa em Menlo Park na Califórnia, ficou inconformado com o fato de que o presidente violou as regras da plataforma e não foi punido por isso.

live em questão foi uma em que Bolsonaro mencionou que “cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós” e a frase é uma clara violação das diretrizes da rede social, que proíbem qualquer “conteúdo degradante” (ou, como fica mais claro na regra em inglês, que “desumanizem” qualquer grupo ou etnia).

O próprio Thiel fez denúncias e questionamentos sobre essa declaração, e os experts que avaliaram a conduta do presidente — um em Brasília e um em Dublin — acreditaram que não houve violação.

As publicações afirmam ainda que o especialista do Facebook baseado na capital brasileira, que segundo Thiel já trabalhou para “pelo menos um político pró-Bolsonaro”, justificou sua decisão dizendo que o presidente do país é “politicamente incorreto” e havia falado em sentido figurado e tentava passar uma mensagem positiva.

Debate no alto escalão do Facebook

Ainda de acordo com O Globo, David resolveu então apelar para o próprio time responsável pela política de conteúdo do site, munido de um PowerPoint com 15 slides em que provava a violação cometida por Bolsonaro, inclusive recorrendo a “definições de dicionário e outras declarações racistas” do presidente.

Mesmo assim, o engenheiro foi acusado de falta de credibilidade e o vídeo continuou no ar, o que resultou em um pedido de demissão do mesmo. Antes de sair, no entanto, ele publicou nas redes internas da empresa uma mensagem que dizia o seguinte:

O Facebook está hoje cada vez mais alinhado com os ricos e poderosos, permitindo que eles sigam regras diferentes.

As reportagens garantem que o Facebook mudou de ideia após a postagem de David Thiel, mas ele preferiu sair do mesmo jeito e contar sua história aqui fora. Vamos ver se algo irá mudar depois disso…

 
Compartilhar