Paul Matters, do AC/DC
Foto: Reprodução/Twitter
   

Morreu o ex-baixista do AC/DC, Paul Matters. A data e a causa da morte não foram divulgadas.

Quem confirmou a informação foi seu ex-colega Rod Wescombe em uma publicação no Facebook.

Por lá, ele falou sobre como se aproximou do cara e depois acabou se afastando, lamentando o falecimento:

Ao final de ’75 após ele deixar o AC/DC nós tocamos juntos em uma banda chamada ‘Miss Australia Band’ em um show em uma balsa no Lago Macquarie.

Eu me mudei para o sul e Paul aparecia para conversar sempre que estava na região.

Eu me lembro que ele sempre conseguia me fazer sorrir quando estava de bom humor.

Após deixar New South Wales eu perdi contato com ele assim como várias outras pessoas ao longo dos anos.

De todos os relatos que eu já vi, ele viveu de forma reclusa e seu estilo rock and roll do início da vida prejudicou a sua saúde.

Sua falta será sentida por todos que o conheceram.

Paul Matters e AC/DC

Matters tocou com o AC/DC em 1975, após o lançamento do primeiro álbum do grupo, High Voltage.

Porém, a passagem do músico pela banda durou pouco, já que no mesmo ano ele foi demitido pelo vocalista Bon Scott. Relatos dizem que isso teria acontecido por uma série de motivos, indo desde uma suposta “teimosia” do cara em relação aos integrantes da banda até o fato dele “ser bonito demais” para estar em um grupo de Rock And Roll.

Segundo a Loudersound, a única entrevista de Paul sobre o assunto foi para o escritor Jesse Fink, responsável justamente pela biografia de Scott.

Ainda nas redes sociais, Rod Wescombe confirmou que o ex-membro do AC/DC viveu uma vida reclusa nos últimos anos.

Confira abaixo os posts de Rod Wescombe e Jesse Fink sobre a morte do ex-baixista do AC/DC, Paul Matters.

Por Felipe Tellis e Tony Aiex

 
Compartilhar