Caetano Veloso e Olavo de Carvalho
Fotos via Wikimedia Commons
   

O “guru” bolsonarista Olavo de Carvalho perdeu um processo judicial para o cantor brasileiro Caetano Veloso e deve ter um prejuízo enorme nos próximos dias.

De acordo com decisão da 50ª Vara Cível do Rio confirmada pelo Tribunal de Justiça ao UOL, Olavo terá de pagar um montante de R$2,9 milhões referente a uma multa diária de R$10 mil que corre desde 2017, quando ele foi processado por Veloso por uma postagem que o acusava de pedofilia.

Na publicação, o ideólogo falava do relacionamento do artista com Paula Lavigne, que começou quando este tinha 40 anos e esta 13; eles haviam reatado o relacionamento um ano antes do post de Olavo, depois de terem se separado em 2004 quando já tinham 19 anos de casamento.

Naquele ano, o “guru” recebeu a condenação e foi intimado a apagar essas postagens (inclusive pessoalmente, na sua residência dos EUA) mas não o fez. Por isso, o valor se acumulou e agora a Justiça definiu um prazo para o pagamento da multa: 15 dias.

Se ainda assim o escritor não efetuar o pagamento, a decisão prevê um acréscimo de multa de 10% no valor, totalizando então um valor de R$3,19 milhões. Mais ainda, Olavo já teve de pagar cerca de R$65 mil (em valor corrigido) em Agosto por danos morais pelo mesmo processo, mas ainda recorre desta decisão.

Reação nas redes sociais

No Twitter, muitos usuários já se questionam como será feito o pagamento. Alguns, inclusive, acreditam em uma possível intervenção da própria família Bolsonaro, ou até mesmo por meio de Fabrício Queiroz.

Vamos ver o que vai acontecer.