Peter Hook no mural de Ian Curtis em Manchester
Foto: Instagram @themancorialist
   

E o dia 09 de Outubro de 2020 está sendo muito especial para a música britânica e para a cidade de Manchester.

Mais especificamente, os fãs de Joy Division estão felizes da vida por conta de uma homenagem feita a Ian Curtis, vocalista da banda que nos deixou cedo demais em 1980 aos 23 anos de idade.

Um grande mural para celebrar o músico foi pintado em Manchester e o traz ao microfone, como é possível ver na imagem acima.

A foto, aliás, traz ninguém menos que Peter Hook, companheiro de Curtis no Joy Division e, claro, cofundador do New Order, e ilustra uma bela ação relacionada ao tema da saúde mental.

Mural de Ian Curtis

O mural de Ian Curtis em Manchester tem como objetivo marcar o Dia Mundial da Saúde Mental e o início do festival Headstock Weekender, que acontece entre amanhã e domingo.

Ao lado do artista Aske, que pintou o mural, Hook esteve no local e quem falou com a imprensa através de um comunicado (via NME) foi Luthfur Rahman, nome ligado à cultura na Prefeitura da cidade:

A cena musical de Manchester é conhecida no mundo todo, com ícones como Ian Curtis influenciando a cultura até hoje. Música é muito mais do que as músicas que ouvimos em termos de como ela afeta a saúde mental de um indivíduo. Uma canção tem o poder de mudar a forma como nos sentimos quase que instantaneamente.

Recentemente, devido aos desafios impostos pela pandemia do Coronavírus, muitas pessoas lidaram com problemas de saúde mental e ainda lidarão. A inauguração do mural de Ian Curtis marca o início do Dia Mundial da Saúde Mental, onde a Headstock irá arrecadar fundos para a indústria da música e para instituições de caridade ligadas à saúde mental.

Em sua conta no Instagram, Hook disse que adorou o mural e que ele foi baseado em uma foto do fotógrafo Philippe Carly.