Tommy Lee em 2012
Foto de Tommy Lee via Shutterstock
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

Não é de hoje que o mundo testemunha a batalha de Tommy Lee com o vício.

Mesmo já tendo passado pela reabilitação antes, o baterista do Mötley Crüe revelou em entrevista recente que chegou a estar bebendo “dois galões de vodka por dia” após um período de quatro anos de sobriedade.

Falando ao Yahoo Entertainment (via SPIN), ele abriu o jogo sobre como a última turnê da banda foi onde as coisas pioraram de vez:

Eu passo por essas fases em que eu só quero viver uma vida diferente e foder todas essas coisas idiotas. E aí eu decido, ‘Quer saber? Não quero mais viver assim.’

Eu não percebia que estava assim até o fim [da turnê], quando eu fiquei tipo, ‘Eita cara, eu preciso parar. Isso é insano pra caralho.’ Tipo, eu estava bebendo só porque estava entediado. Eu só acordava e estava montando [um copo com] só tudo cheio de vodka e uma gotinha de [suco de] cranberry ou limonada. Eu estava bebendo dois galões — não copos, não garrafas, mas galões, os que são pesados — por dia. Isso é maluco pra caralho. […] Eu só percebi, ‘Uau cara, você está bebendo o suficiente para, tipo, provavelmente morrer.’ E nem chegava a me derrubar. […] Eu só meio que fiquei imune [à bebida].

Segundo Lee na conversa, ele está há um ano sóbrio novamente e encara tudo como um “processo diário”, reforçando que não sabe “se é uma coisa pra sempre, mas por agora, eu não vou beber vodka hoje”.

Se cuida, Tommy Lee!

Tommy Lee

Vale lembrar que, além de estar aguardando a situação com a COVID-19 se resolver para voltar a fazer turnês com o Crüe, Tommy vai lançar o disco solo Andro no dia 16 de Outubro.

Você pode conferir algumas prévias por aqui.

 
Compartilhar