Lars Ulrich (Metallica)
Foto por Perou (via Kerrang!)
 

Como te contamos por aqui recentemente, Lars Ulrich deu uma entrevista bem sincera à Vulture sobre algumas preferências em relação ao Metallica e até contou qual música da banda ele nunca mais quer ouvir.

Acontece que, ao falar sobre isso, o baterista acabou revelando que mal ouve a própria banda — e tem um motivo muito específico pra isso. Ao mesmo tempo, ele também deixou claro a sua paixão pelo Rage Against the Machine, usando o grupo como exemplo quando fala de sua “banda favorita”.

Lars disse:

Eu não ouço muito as músicas do Metallica. Parte disso é porque eu sou meio que muito detalhista. É basicamente quase impossível que eu ouça a uma música do Metallica sem pensar, ‘Ok, como está essa sonoridade, como está a mix, como está soando a guitarra? Os vocais estão muito altos, o baixo está estourado demais.’ Vira esse exercício de análise. Quando você ouve a sua banda favorita — tipo se eu ouvisse o Rage Against the Machine ou algo assim, eu só me deixo viajar, porra. Mas quando entra o Metallica eu fico tipo, ‘Oi?’.

Bom, é uma boa justificativa, né? Uma das vantagens (talvez a única!) de não ser um integrante do Metallica é poder curtir as músicas da banda sem essa preocupação!

Lars Ulrich e seu festival ideal

Vale lembrar que não é de hoje que Ulrich revela sua paixão pelo RATM.

Há pouco tempo, ele montou seu “festival ideal” e uma das bandas que ele escalaria seria justamente o grupo de Tom Morello e companhia, além do Oasis de quem ele também é fã declaradíssimo há anos.

O evento imaginário, no entanto, teria algumas surpresas interessantes e você pode ver quais seriam elas neste link.