Rico Nasty exalta Joan Jett por ter a inspirado a buscar identidade e espaço
Foto: Rico Nasty (divulgação) / Joan Jett (Brad Barket)
   

A carreira da expressiva rapper e compositora norte-americana Maria-Cecilia Simone Kelly, que atende pelo nome artístico Rico Nasty, está cada vez mais em ascensão.

Além da persona excêntrica, Nasty tem atraído atenção por sua sonoridade instigante e vigorosa, que mescla trap, punk-rap e nu metal de um jeito criativo, único e eletrizante, servindo ainda vocais fervorosos e letras ácidas.

Entretanto, apesar de estar em merecida evidência atualmente, o caminho até essa conquista não foi fácil para ela, que iniciou sua carreira em 2014. Em recente entrevista concedida ao portal NME, Nasty contou que se manteve confiante em seu trabalho graças a Joan Jett, uma das pioneiras do rock’n’roll em muitas maneiras.

Assim como Nasty, Jett lutava para fazer com que sua música tivesse oportunidade. Nos anos 70, quando era integrante da influente banda feminina The Runaways, Jett precisou lidar com muitas críticas, principalmente vindas de homens.

Nasty também contou que suas características tiveram influência de nomes diversos, como Nicki Minaj, Tyler, The Creator e David Bowie, mas que Jett a inspirou a não desistir, batalhar por seu espaço e pelo reconhecimento de sua autenticidade:

Jett me ensinou como aceitar um ‘não’ e sorrir. Muitas pessoas disseram a ela que sua música era muito dura e crua. Quando eu entrei em cena, estava definitivamente no lado mais suave, mas então comecei a dizer às pessoas para beijarem minha bunda. Eu senti que havia trabalhado tanto e que merecia o que era meu, então comecei a fazer músicas mais loucas.

Rico Nasty prepara álbum de estreia

Depois de divulgar 7 mixtapes entre 2014 e 2019, sendo a mais recente Anger Management, Nasty se organiza para lançar seu primeiro álbum de estúdio, Nightmare Vacation.

Embora a data de lançamento não tenha ainda sido confirmada, duas faixas que farão parte do registro podem já ser conferidas logo abaixo, “IPHONE” e a recém-divulgada “Own It”.