The Doors no Ed Sullivan Show em 1967
Reprodução/YouTube
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

Até hoje em dia, não é sempre que ouvimos canções com apologia às drogas na televisão — agora imagine em 1967, quando o The Doors foi convidado a participar do super famoso Ed Sullivan Show, famoso por ter lançado nomes como os Beatles Elvis Presley.

Acontece que os Doors não eram como as outras duas bandas e o motivo era muito simples: Jim Morrison. O vocalista protagonizou uma confusão relacionada à performance que fez com que o grupo fosse banido da atração, e tudo por conta de uma única frase: “Girl, we couldn’t get much higher”, algo como “Garota, nós não podíamos ficar muito mais altos”, em uma referência ao uso de drogas.

Segundo os relatos do próprio site oficial do Ed Sullivan Show, tudo corria bem nos ensaios mas o anfitrião irritou os integrantes da banda logo antes do show ao visitar os camarins para dizer: “rapazes, vocês parecem ótimos, só precisam sorrir um pouco mais”.

Minutos depois, um produtor veio informá-los de que eles deveriam substituir o trecho em questão de “Light My Fire” por alguma outra coisa — como “Girl, we couldn’t get much better”, ou seja, “Garota, não poderíamos ficar muito melhores” — para evitar a polêmica com as drogas.

Não há consenso sobre os membros terem concordado com isso ou não, mas uma coisa é fato: Morrison não se importou e cantou a letra normal, fazendo com que a banda — que deveria ter se apresentado mais seis vezes no programa — fosse proibida de voltar àquele palco.

Eles que perderam! Veja o momento polêmico pelo vídeo a seguir, e repare na cara de Robby Krieger aos 17 segundos quando percebe o que aconteceu…

The Doors no Ed Sullivan Show em 1967