Ozzy Osbourne na coletiva de imprensa do Ozzfest, 2007
Foto de Stock via Shutterstock
 

Quem é familiarizado com a discografia de Ozzy Osbourne certamente já pelo menos ouviu falar da polêmica “Suicide Solution”, canção que chegou inclusive a ser apontada como causa da morte por suicídio de um jovem nos EUA.

Apesar do nome — que se traduz para algo como “Solução Suicídio” — Ozzy sempre defendeu que a letra possuía uma mensagem bastante contrária à prática, e inclusive ganhou o processo na justiça contra os pais de John McCollum, que tirou a própria vida enquanto ouvia a música.

Ele elaborou mais essa explicação em um novo faixa-a-faixa do disco Blizzard of Ozz gravado para a SiriusXM para celebrar 40 anos do álbum (falamos mais disso por aqui).

A fala de Ozzy é no sentido de dizer que as pessoas “entenderam essa merda toda errada”, e vale lembrar que ele já admitiu anteriormente que a faixa falava sobre a morte de Bon Scott, vocalista do AC/DC que morreu de tanto beber álcool em 1980.

Você pode ler a declaração na íntegra (via Blabbermouth) a seguir, além de ouvir as próprias palavras do vocalista (em inglês) ao final da matéria.

Ozzy Osbourne explica “Suicide Solution”

Bom, tudo isso foi tirado de contexto. Olha, a gente escreveu essa música sobre… Nós estávamos todos fazendo uma bela de uma bebedeira na época. Eu estava bebendo muito por um longo, longo tempo. E é, tipo, ‘Suicide Solution’ quer dizer uma solução no sentido líquido — não uma forma de resolução. As pessoas entenderam essa merda toda errada.

A Sharon [Osbourne, esposa e empresária de Ozzy] me ligou na Inglaterra. Ela disse, ‘Entre em um avião. Você precisa aparecer.’ Eu disse, ‘Me diga pelo que eu tenho que aparecer.’ Ela disse, ‘Eu te conto quando você chegar aqui.’ Eu disse, ‘Problemas?’ Ela disse, ‘Só entra na porra do avião.’ Eu cheguei no aeroporto de Los Angeles, desci no terminal, e devia ter umas 200 câmeras. Eu estou olhando por cima do meu ombro [enquanto estou] de pé, e [havia] cerca de 15 microfones na minha frente: ‘O que você pensa desse processo?’ E eu fico tipo, ‘Que processo? Eu vou voltar pro hotel. Vou descobrir do que se trata.’

 
Compartilhar