MN MC
Crédito: divulgação
 

O rapper e produtor musical paulista MN MC liberou recentemente no YouTube o clipe da faixa “Mundo Para”.

Com dez anos de carreira, este é o primeiro vídeo no estilo love song lançado pelo artista, que contou com a realização da produtora Canis Filmes. Com direção de Geovanne Santana, as cenas foram gravadas em um parque de São Paulo.

A letra da música, um R&B com referência do trap e do neosoul, é baseada em história vivida pelo próprio MN. Antes, ele havia colaborado com Thiaguinho MT e JS O Mão de Ouro, em “Chovendo Benção”, e com o grupo de rap Facção Central, em “Anjo Monstro”.

Ainda neste ano, o MC, também publicitário, inaugurou sua própria gravadora, a GrajaHits, que tem a proposta de auxiliar artistas da periferia na distribuição de suas músicas e no desenvolvimento de suas carreiras.

Léo Soma

Léo Soma
foto: reprodução

O cantor e compositor carioca Léo Soma lançou nas plataformas de streaming o clipe feito para a canção “Deleta Meu Número”. Este é o terceiro single do projeto desenvolvido pelo artista junto com NBEATZ e Pedro Tie.

“‘Deleta Meu Número’ visa explorar uma nova sonoridade, juntando o pop, trap, R&B e lo-fi, integrando assim o mainstream com o underground. A faixa vem acompanhada por um videoclipe, com coreografia inspirada nos ‘challenges’ que estão viralizando no TikTok e efeitos especiais criados com o uso de chroma-key,” conta Léo.

Fratura

Fratura
foto: reprodução

A banda paulista Fratura lançou seu disco de estreia, que leva o nome de seu único integrante, o músico Corposeco. Para quem não sabe, o pseudônimo se refere a um dos personagens do folclore brasileiro, cujo o destino após a morte foi ser rejeitado pelo céu e pelo inferno.

A inspiração do projeto vem principalmente das “one man bands” escandinavas de som extremo, mas também da dificuldade de montar um grupo completo no meio da pandemia do coronavírus.

O álbum, no estilo  black metal, crust punk, d-beat, doom e powerviolence, saiu através da Electric Funeral Records e conta com nove faixas. Algumas músicas foram apresentadas na demo Necroambulist, lançanda digitalmente e de forma independente, no início de 2020.

Johnny Monster

Johnny Monster
foto: André Marothy

O cantor e compositor paulistano Johnny Monster relançou nas plataformas digitais o álbum Solstício de Inverno e agora divulga o single “A Estrada”.

Originalmente, o disco, que marcou a estreia do artista, foi lançado em 2009. 11 anos depois, Johnny preparou a edição especial do material com nova tracklist, capa e faixas-bônus.

“O álbum tem uma importância grande para mim, por ser o primeiro. Estava com muito material acumulado, então fui com tudo para esse primeiro,” afirma o cantor, que recentemente liberou o EP Abrigo Em Fase de Construção.

Corona Nimbus

Corona Nimbus
foto: divulgação

O duo piauense Corona Nimbus, formado por Júlio Baros e Júnior Vieira, lançou no YouTube o clipe para o single “Lights Out”, o terceiro da carreira do grupo de Teresina.

O vídeo, dirigido por Júlio junto com Ícaro Uther, é estrelado pela atriz Maria Leite e aborda os delírios causados pelo transtorno de crise de ansiedade, muito pertinente em tempos de quarentena.

“Nos deparamos com um período nebuloso em que somos forçados à uma adaptação abrupta de um novo normal. Nesse processo desenvolvemos e afloram síndromes e psicoses que nos perseguem e atiçam a imaginação! Eis o tema e a materialização de ‘Lights Out’, reféns da crise de ansiedade e outras síndromes desenvolvidas e ou afloradas durante esse período, buscamos entender o que é real ou não antes que as luzes se apaguem,” comenta Baros.