Jason Momoa e Ray Fisher
Reprodução/Instagram
 

Jason Momoa acaba de fazer um relato em apoio ao colega de Liga da Justiça Ray Fisher (que viveu o Ciborgue) em meio a denúncias feitas contra a equipe do longa.

Para entender o caso, precisamos voltar um pouco no tempo: Joss Whedon foi escalado para substituir Zack Snyder como diretor da obra, e nos últimos dias Ray disparou contra o substituto e os executivos da Warner Bros. que permitiram que ele tivesse um comportamento “abusivo” e “não profissional” durante as gravações.

O ator afirmou, em um Tweet:

O tratamento de Joss Wheadon [sic] com o elenco e equipe de Liga da Justiça foi nojento, abusivo, não profissional, e completamente inaceitável. Isso foi permitido, de várias formas, por Geoff Johns e Jon Berg [produtores].

Responsabilidade>Entretenimento

Jason Momoa declara apoio a Ray Fisher

Já faz alguns dias que Momoa compartilhou a hashtag #IStandWithRayFisher (#EuEstouDoLadoDeRayFisher), mas agora o Aquaman do universo da DC resolveu dar seu próprio depoimento, afirmando que “essa merda tem que parar”.

Ele escreveu no Instagram:

ESSA MERDA TEM QUE PARAR E PRECISA SER OLHADA @ray8fisher [Ray Fisher] E TODO MUNDO QUE VIVEU O QUE ACONTECE SOB O OLHAR DA @wbpictures [Warner Bros.] PRECISA DE INVESTIGAÇÃO ADEQUADA Eu só acho fodido que as pessoas lançaram um anúncio fake [avisando que Momoa seria dublador] do Frosty [famoso personagem de Natal nos EUA] sem a minha permissão para tentar nos distrair do Ray Fisher falando sobre o tratamento de merda que recebemos nas refilmagens de Liga da Justiça. Coisas sérias aconteceram. Precisa ser investigado e as pessoas precisam lidar com as consequências. #EuEstouDoLadoDeRayFisher. aloha j

Vale ressaltar que o projeto citado por ele, em que ele supostamente dublaria Frosty, foi desmentido pelo próprio e também tinha Johns e Berg como produtores.

Ainda recentemente, Ray Fisher acusou a investigação interna conduzida pela Warner Bros. de “convenientemente evitar contatos com testemunhas que deram depoimentos condenatórios ao RH da WB”.

Por outro lado, no mês passado, Fisher fez uma série de elogios a Zack Snyder “não apenas por me colocar na Liga da Justiça, [mas] por me EMPODERAR (um homem negro sem nenhum crédito em filme) com um assento na mesa criativa”.

Você pode ver a publicação de Momoa, bem como as falas de Fisher, logo abaixo.