Ouça playlist com clássicos do Rock!  

Arthus Fochi tem suas raízes espalhadas pela América Latina e sempre contextualizou sua obra nas temáticas sociais e políticas da região. Dessa vez, o carioca olha para a situação cultural do Brasil com o clipe e single “Cinema Nacional”. Mais que falar da falta de verbas para a área, ele quer provocar ao apontar os dedos para todos que movimentam as engrenagens midiáticas.

Embora tenha feito seu trabalho dentro das áreas de música e literatura, cinema sempre foi uma constante na vida de Arthus enquanto consumidor ávido de filmes. E a sua música tem em comum com essa mídia a contação de histórias.

Teve uma época na minha vida que assistia de 2 a 3 por dia, lembro de ter visto ‘Pixote’ ainda quando criança e ficar bem impressionado… Acho que vi escondido, tinha uma VHS em casa. Na verdade o que me prende num filme são os personagens e a construção destes roteiros, dessa rotas. Eu acho que grandes filmes do Cinema Nacional trazem bons personagens, como ‘Central Do Brasil’, ‘Cidade de Deus’, por exemplo. O que eles têm em comum? Todos trazem um personagem que caminham por um universo basicamente violento, em vários sentidos. A música fala disso, dessa violência que é pop.

Fochi é compositor, poeta, cantor, e pesquisador, sempre mesclando suas raízes brasileiras com o folk latino, a world music, o lo-fi e o jazz. Além de lançar discos e livros, ele colabora com inúmeros artistas do cenário nacional e vem se dedicando, ao mesmo tempo, ao projeto Ano Sabático, onde deu forma a composições suas ao lado de parceiros musicais, de Julia Vargas e Ana Frango Elétrico a Chico Chico e Qinho.

O Ano Sabático foi um projeto de parcerias que atualmente está hibernando, e volta no verão como disco de vinil e com um lançamento digital também. O disco vai contar com uma música nova, a única sem participação. Estamos aguardando alguma normalidade restabelecer para poder organizar esse lançamento.

Enquanto isso, ele segue lançando novas músicas, como esta e a anterior, “Quarentena”, ambas dentro da iniciativa Astronauta Singles, do selo carioca de mesmo nome. Em comum, elas trazem mais escancarado esse flerte com o lo-fi, mas sem abrir mão das letras provocadoras do artista.

Assista em primeira mão, aqui no TMDQA!, ao clipe de “Cinema Nacional”. A música pode ser encontrada em todas as plataformas de streaming.