R. Kelly em 2016
Foto via Shutterstock

Acabam de surgir novas informações sobre a agressão sofrida pelo cantor R. Kelly na prisão na semana passada.

Segundo o advogado do artista, Steven Greenberg, ele foi atacado por um detento “acusado dos mais violentos crimes” e que “não respeita as regras”.

Greenberg divulgou que o autor da tentativa de esfaqueamento tem uma tatuagem no rosto escrita “foda-se os federais” e que, na verdade, usou uma caneta como arma contra o cantor.

R. Kelly

A defesa de R. Kelly afirma ainda que seu cliente foi atacado após todos os detentos sofrerem com a falta de banho e serem privados de suas rotinas por causa do artista.

Segundo o advogado Greenberg, toda vez que pessoas se aglomeram em frente à prisão em manifestações pacíficas para demonstrar apoio a R. Kelly, um esquema de segurança especial é iniciado no presídio, provocando limitações dentro do local.

Após o episódio no último dia 28, por questões de segurança R. Kelly foi transferido para a solitária e ainda não obteve resposta sobre o pedido feito por sua defesa que propõe do artista morar num apartamento com sua namorada próximo do tribunal, sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

R. Kelly está preso desde fevereiro do ano passado, esperando ser julgado por dez crimes de abuso e assédio sexual, envolvendo vítimas entre 13 e 16 anos.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!