Coldplay -
Reprodução/YouTube
 

Ontem (30) foi ao ar o VMA de 2020, premiação sediada pela MTV que celebra os melhores clipes da música — daí o nome Video Music Awards. E quem ganhou o prêmio de Melhor Clipe de Rock dessa vez foi o Coldplay.

A decisão surpreendeu muita gente, já que a canção indicada foi “Orphans”, uma balada que faz parte do disco Everyday Life (2019) e não se encaixa exatamente nem mesmo das vertentes mais calmas do gênero.

Além disso, o vídeo da canção foi gravado de forma a parecer amador, e mostra cenas do vocalista Chris Martin cantando na rua. Claro que tudo isso foi parte do conceito da obra e pode ter sido justamente isso que chamou a atenção dos responsáveis, mas o confuso é enxergar como essa canção estava concorrendo ao lado dos outros indicados.

Apesar de nenhuma das músicas selecionadas ser muito pesada, os outros nomes presentes — blink-182 com “Happy Days”, Evanescence com “Wasted on You”, Fall Out Boy feat. Wyclef Jean com “Dear Future Self (Hands Up)”, Green Day com “Oh Yeah!” e The Killers com “Caution” — têm pelo menos alguma ligação mais forte às guitarras e aos elementos que tradicionalmente fazem parte do Rock.

É claro que os fãs da banda também se posicionaram e lembraram inclusive de um vídeo de 2019 em uma passagem de som no qual os caras fazem uma versão de “Killing in the Name”, do Rage Against the Machine, substituindo a letra do refrão por um agradecimento ao VMA.

Você pode conferi-lo abaixo, logo após o clipe premiado.

Coldplay – “Orphans”

 
Compartilhar