James Hetfield do Metallica
 

O vocalista do Metallica, James Hetfield, acaba de ser homenageado por pesquisadores que deram o nome dele a uma nova espécie descoberta de serpente.

A Atehris hetfieldi foi batizada assim por uma equipe de biólogos portugueses e americanos que dizem ouvir as músicas da banda em suas expedições.

Segundo Luís Ceríaco, curador chefe do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (via Blitz), as serpentes, além de venenosas, são das visualmente mais extravagantes de toda a África, com uma aparência espinhosa e cores fortes.

Metallica

A nova serpente descoberta e batizada em homenagem ao líder do Metallica é endêmica da Ilha de Bioko, no Guiné Equatorial.

Ela mede no máximo 52 cm, tem escamas espinhosas em tons de castanho e verde, cabeça em formato triangular e aparência de dragão.

Seu local de origem é uma floresta tropical que cobre um vulcão, segundo os pesquisadores, um ambiente com centenas de plantas e animais desconhecidos pela ciência.

Confira abaixo a imagem da Atehris hetfieldi:

Atehris hetfieldi
Foto: Reprodução/Blitz
 
Compartilhar