Burna Boy
Foto por Nicolas Gerardin
 

Damini Ebunoluwa Ogulu é um jovem músico nigeriano de 29 anos de idade que está tomando o mundo de assalto.

Talvez você não o conheça por esse nome, mas Burna Boy tem sido um dos artistas mais celebrados do momento e o seu novo disco de estúdio, Twice As Tall, deixa bem claro por que isso vem acontecendo.

O quinto disco de estúdio do músico foi lançado no dia 14 de Agosto e compartilhado de forma contundente por anônimos e famosos, sendo que alguns nomes consagrados da música aparecem no álbum.

Entre as 15 faixas, algumas das participações especiais aparecem na forma de Stormzy, um dos rapper mais celebrados do momento, e Chris Martin, vocalista do mega influente grupo britânico Coldplay.

Além deles, quem abre o disco logo de cara com uma verdadeira dose de energia através de vocais incomparáveis é Youssou N’Dour, lendário artista senegalês que já foi inclusive Ministro do Turismo do seu país entre 2012 e 2013.

“Level Up” ganha outros ares com a sua participação, bem como “Time Flies”, que conta com o grupo queniano de afro-pop Sauti Sol.

Essas misturas todas ainda se encontram com o trio norte-americano de Hip Hop Naughty By Nature e esse caldeirão de influências tem mexido com a indústria da música.

Continua após o vídeo

Burna Boy e “Twice As Tall”

Burna Boy é considerado um mestre do afrobeat e visto por muitos como expoente do estilo que mistura traços da cultura africana com elementos do funk e do jazz norte-americanos.

Ao dar abordagens revigorantes para o estilo, ele vem chamando cada vez mais a atenção de figurões mundo afora e quem assumiu o posto de produtor executivo de Twice As Tall foi o gigante Diddy, um dos rappers mais bem sucedidos de todos os tempo.

Com nomes como esses, além de Timbaland, DJDS, Mike Dean e mais, o álbum é resultado de um período onde Burna Boy retomou as suas origens em Lagos e passou a fazer reuniões frequentes com Diddy através de chamadas virtuais.

Entre trocas de arquivos digitais e ideias, as coisas se desenvolveram e o músico falou para o jornal The New York Times sobre como costuma abordar processos:

Eu nunca peguei uma caneta e um papel e sentei para escrever uma música na minha vida. Tudo simplesmente aparece, como se alguém estivesse ali me dizendo o que dizer. Tudo tem a ver com os espíritos. Alguns de nós somos colocados nesse planeta para fazer o que fazemos.

Como se esse pacotão já não bastasse, o álbum também foi lançado com um livro de história em quadrinhos narrado por Benson Idonije.

Além de ter sido empresário do mestre do afrobeat, Fela Kuti, ele é avô de Burna Boy, e a história segue o jovem músico através de uma jornada espiritual de descoberta pessoal para que ele compreenda como chegou até onde chegou nos dias de hoje.

Isso pode ser visto na arte de capa do disco, inclusive, e reflete boa parte da temática do álbum que mistura as linhas que dividem estilos como Hip Hop, Dancehall e música Pop.

“Monsters You Made”

Outra forma de expressar tudo isso veio através de um vídeo lançado ontem mesmo para divulgar justamente a colaboração com Chris Martin.

“Monsters You Made” ganhou um vídeo poderoso, com participação de Chris e cenas que mostram a força física e espiritual tanto de Damini quanto dos seus pares, do seu povo, da sua terra e das suas lutas.

Não à toa o público está recebendo muito bem esses materiais, com pessoas dizendo que além de cantar, Burna conversa com cada um de seus ouvintes como se fosse uma mensagem direta e específica, e você pode conferir tudo isso logo abaixo.

 
Compartilhar