Lars Ulrich (Metallica)
Foto por Perou (via Kerrang!)
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Lars Ulrich já deixou claro várias vezes que é um grande fã do Oasis, mas o que você talvez não saiba é que ele já chegou a trabalhar com as lendas do Britpop em uma ocasião.

Em conversa com a NME (via Loudwire), o baterista do Metallica relembrou a história contada pela primeira vez ao The Guardian em 2014, a qual só aconteceu por ele ser “a única pessoa ali que conhecia as músicas”:

Eu conheci o Oasis pela primeira vez no fim do Verão de 1994. Eu estava lendo todos esses artigos doidos na NME — eu amava a arrogância e confiança deles e como a cada duas palavras tinha um ‘canalha’ ou ‘porra’. Aí eu me apaixonei pela música, então eu voei para vê-los tocar em Nova Jérsei.

Uma coisa levou à outra e eu me vi na mesa de iluminação batucando ao ritmo das músicas — acho que eles estavam sem uma pessoa da equipe e foi bem divertido e obviamente várias coisas e histórias loucas aconteceram.

Lars Ulrich e Oasis

Loudwire ainda lembra que o Oasis teve uma importância gigantesca para Lars, já que ele falou no passado que foi graças a Noel Gallagher que ele largou a cocaína e de um jeito muito simples.

Ulrich afirma que simplesmente leu uma entrevista na qual Noel falava que havia parado de usar a droga e achou aquilo “muito legal, muito refrescante, muito honesto, muito puro” e acabou fazendo o mesmo.

Vale ressaltar ainda que, recentemente, o baterista montou o seu festival dos sonhos e escalou o Oasis “no auge” como uma de suas atrações. Você pode ver mais sobre isso por aqui.

LEIA TAMBÉM: [RESENHA] Metallica emociona, mostra novos lados e celebra seu legado em “S&M2”