Música Para Morrer de Amor
Foto: Reprodução/YouTube
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

O que Shakespeare e Cazuza conversariam?

Esse é um dos questionamentos que estão entre os diálogos do filme Música Para Morrer de Amor, inspirado na peça de teatro Música Para Cortar os Pulsos, que rodou o Brasil há dez anos.

O longa acaba de chegar aos serviços de streaming e tem além de um elenco com nomes como Denise Fraga, Suely Franco e Ícaro Silva, participações de cantores como Milton Nascimento, Maria Gadu, Clarice Falcão, Fafá de Belém, Vinicius Calderoni (5 a Seco) e até Tim Bernardes (O Terno) e seu pai, Mauricio Pereira.

A história se passa em São Paulo e tem cenas em cartões postais como a Avenida Paulista, o vão do MASP, a praça Roosevelt, o Minhocão e eventos como o Coala Festival.

Segundo a sinopse, Felipe quer se apaixonar e Ricardo, seu amigo, está apaixonado por ele; Isabela sofre ao ser abandonada.

O trio principal é interpretado pelos atores Caio Horowicz, Victor Mendes e Mayara Constantino, os dois últimos que fizeram parte do elenco original da peça em 2010.

Já Horowicz é um dos nomes em alta atualmente, já que protagoniza a recém-lançada série da Netflix Boca a Boca (leia sobre ela aqui) e também está no elenco do filme e da série do Globoplay que contam a história da apresentadora Hebe Camargo.

Música Para Morrer de Amor

Música Para Morrer de Amor como já deduz seu nome é recheado de músicas e tem em suas cenas faixas como “Volta” da banda O Terno, “Partilhar” de Rubel, “Meu Amor É Teu” de Marcelo Camelo, “Me Adora” de Pitty e “Ela” de Tim Bernardes.

Dirigido por Rafael Gomes, que já tem em seu currículo o ótimo 45 Dias Sem Você, ele conta com roteiro de Daniel Ribeiro, produtor de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de 2014.

Com enredo leve, bem “mela cueca” no melhor sentido possível da expressão, os telespectadores certamente vão se identificar com as histórias de relacionamentos mal resolvidos, bads, descobertas sexuais e perdas.

Um “comfort movie” que mesmo ao lançar falas como “não namore meninos de humanas porque eles são gays mesmo quando não são”, não vai ser mal interpretado pela militância porque está, na verdade, rindo de sua própria bolha.

E te lançando questionamentos através de frases como “você não ama as pessoas, mas sim a ideia de amar as pessoas”.

Música Para Morrer de Amor está disponível para aluguel nas plataformas Now (Claro e NET), Vivo Play e Oi Play. Assista ao trailer abaixo e ouça também a playlist oficial do filme: