Majur
foto: divulgação

A cantora baiana Majur lançou o clipe da faixa “Andarilho”. O vídeo, dirigido por Marina Benzaquem a partir do roteiro escrito por ela junto com Lucas Nogueira, foi gravado durante a quarentena e mostra a artista em cenas bem solares, em que o rosa predomina.

A canção, que celebra o afeto em todos os níveis e gêneros, nasceu como forma de homenagear o melhor amigo de Majur, Rodris, com quem ela compartilha suas
as dores e alegrias há 12 anos.

Ela também reforça a importância da arte na sua vida: “Tocar violão, pra mim, significa muito. Eu sou uma pessoa trans, musicista, cantora, tocando violão. As oportunidades não chegam até nós de forma igualitária com a maioria das pessoas. A gente só tem a rua pra trabalhar, que é onde nos deparamos com a prostituição. E quando você não tem a rua, você tem a arte, e pra isso, você precisa ter talento para que as pessoas te respeitem. Estar como violão pra mim é além do sentimento, é um ato político”.

Circus

Circus
foto: Daniel Marques

A banda carioca Circus liberou nas plataformas de streaming o lyric video feito para a música “Abstrações”, que estará no álbum Transmissão.

A faixa traz as participações de Milton Aguiar (Bayside Kings), Renato Rasta (NDR Hardcore) e do rapper paulista Marcão Baixada.

“Somos seres construídos e desconstruídos por conceitos e ideais abstratos que nós mesmos criamos. Para representar isso, pensamos em uma folha de caderno em branco para destrinchar todos os versos da música, assim como preenchemos nossa mente. Ela nasce vazia, com os conceitos, experiências, ideias, que se desenvolvem e dão corpo à realidade, que é construída pelo homem. Isso serve para entender também a construção do próprio indivíduo, as cobranças que talvez não façam sentido, a imagem a zelar que é mera superficialidade, a concorrência e consumo exagerado. Entender para melhorar, se informar para construir, nós construímos a realidade,” afirma o vocalista Bernardo Tavares sobre a composição.

Este é o terceiro single do próximo disco da Circus, que também conta Alex Heink (guitarra), Eduardo Lopez (guitarra), Thales Ramos (baixo) e Hugo Rezende (bateria).

O grupo existe há cinco anos e já se apresentou em palcos importantes como Circo Voador, Imperator, Music Hall, Granffinos e Correria. Anteriormente, eles lançaram a canção “Renascer”.

Kikito

Kikito e Malu Guedelha
foto: Maria Luiza Lopes

Depois da parceria em “Retina”, o cantor, guitarrista e compositor paraense Kikito realizou mais uma colaboração com Malu Guedelha. Agora, eles gravaram a música “Sai Dessa”, que teve um lyric video em animação liberado no YouTube.

O material foi produzido pelo próprio artista e é tido “como uma experiência
sinestésica, na qual ele procurou traduzir em imagens e cores o movimento que a
composição musical faz”.

Kikito estreou em 2016 o EP Aquela Velha Canção e dois anos depois lançou seu primeiro álbum, autointitulado. “Em ‘Sai Dessa’, tentei registrar em palavras o que tento dizer a mim mesmo quando vejo que estou me encaminhando ao declínio,” comenta Kikito.

Aya

Aya
foto: Gabriela Fernandes

A cantora Aya, que flerta com o trap,R&B, soul e o pop, começou a explorar seu trabalho como compositora e divulgou o lyric video da música “Me Libertar”.

A canção foi inspirada em contemporâneos da mesma linha, como IZA, Malía, Wesley Camilo e Luccas Carlos. A artista prepara novos lançamentos autorais para os próximos meses.

Almir Chiaratti

Almir Chiaratti
foto: Julio Andrade

O cantor, compositor e multi-instrumentista Almir Chiaratti lançou no YouTube o clipe para a faixa “Triz”. O vídeo foi realizado pelo cineasta chileno Francisco Varvaró em parceria com o próprio artista.

O single faz parte do EP Seu Almir, que chegou em todas as plataformas de música digital através do selo Tuaregue.

“‘Seu Almir’ é uma intersecção, final e início de ciclos. Esse trabalho reúne lançamentos entre 2016 e 2020, minha fase ‘entre-álbuns’. É muito gratificante olhar para trás e ver as parcerias que consolidei e o aprendizado gigantesco que elas me proporcionaram. Desde meu primeiro álbum até a turnê em Portugal em 2017 existe uma constante nesse processo que é o apoio, direto ou indireto, da minha família e amigos, sobretudo de seu Almir, meu pai, que sempre se fez presente nos shows. Em homenagem ao seu 68° aniversário resolvi fechar esse ciclo dando esse presente com as melhores coisas que produzi até agora reunidas,” revela o músico, que estreou em 2015 com o disco Bastidores do Sorriso.

Almir atualmente trabalha em seu próximo álbum, que tem lançamento previsto para 2021.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!