Nick Cave no Primavera Sound 2013
Foto de Nick Cave via Shutterstock
   

Nick Cave nunca escondeu sua sinceridade, e recentemente tem sido mais presente no seu site oficial (o The Red Hand Files) respondendo perguntas de fãs sobre os mais diversos tópicos.

Um dos temas abordados mais recentemente (via BrooklynVegan) foi a polêmica da cultura do cancelamento, que ele inicia definindo como “a antítese da misericórdia” antes de elaborar seu pensamento:

O politicamente correto acabou se tornando a religião mais infeliz do mundo. A sua outrora honorável tentativa de reimaginar a nossa sociedade de uma forma mais igualitária agora incorpora todos os piores aspectos que a religião tem a oferecer (e nada da beleza) — certeza moral e justiça própria tosada até mesmo da capacidade de redenção. Ela se tornou bem literalmente, religião ruim de uma forma enlouquecida.

A recusa da cultura do cancelamento de engajar com ideias desconfortáveis tem um efeito asfixiante na alma criativa de uma sociedade. A compaixão é a experiência primária — o evento do coração — através do qual emergem a genialidade e a generosidade da imaginação. A criatividade é um ato de amor que pode bater de frente contra as nossas crenças mais profundas, e fazendo isso nos traz novas maneiras de enxergar o mundo. Isso é ao mesmo tempo a função e a glória da arte e das ideias. Uma força que encontra seu significado no cancelamento dessas ideias difíceis entrava o espírito criativo de uma sociedade e ataca a natureza complexa e diversa de sua cultura.

Mas é aqui que nós estamos. Somos uma cultura em transição, e pode ser que estejamos nos direcionando a uma sociedade mais igual — eu não sei — mas quais valores essenciais iremos abandonar no processo?

E aí, concorda?

Nick Cave

Vale lembrar que, no mesmo site, Nick já compartilhou algumas de suas maiores influências e se mostrou um baita fã do Rock Progressivo.

Recentemente, ele ainda fez uma live especial em um palácio, a qual não pode mais ser vista oficialmente. Ainda assim, é possível ver alguns trechos como te contamos por aqui.

 
 
Compartilhar