Seth Rogen
Foto: Wikimedia Commons
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Seth Rogen tem uma carreira bem estabelecida na comédia, em especial na produção de filmes, e traz no currículo títulos como Vizinhos A Entrevista.

Falando justamente sobre o estado do gênero nos últimos anos à GamesRadar (via NME), Seth ressaltou que as bilheterias gigantescas da Marvel acabam fazendo com que seja impossível colocar os filmes puramente de comédia para competir e explicou seu argumento:

Algo que eu e o Evan [Goldberg, roteirista e colaborador de Rogen há anos] falamos muito sobre é como os filmes da Marvel são comédias. ‘Thor: Ragnarok’ é uma comédia. ‘Homem-Formiga’ é uma comédia em essência. Então é o que temos por aí. Há comédias de US$200 milhões por aí, e então isso é algo, como um criador de filmes de comédia, que você tem que estar ciente. Esse é o padrão que as pessoas esperam!

Esses filmes de orçamentos enormes funcionam como comédias. O público ainda ama comédia, e eles querem isso — ‘Deadpool’ — mas o escopo delas é enorme. Então quando você não oferece a eles esse escopo, você tem que pensar, ‘O que estou oferecendo a eles?’. É por isso que algo como ‘Bons Meninos’ vai bem, porque nós não estamos oferecendo escopo. O que estamos oferecendo é comédia pura e emoção e a habilidade de se relacionar e nostalgia. Essa é a escolha.

Ao mesmo tempo, Rogen ainda disse que não vê um fim próximo para as comédias de “tamanho médio”, ou seja, que não têm necessariamente potencial para serem bilheterias enormes. Ele explica:

O que é engraçado é, eu tenho ouvido nos últimos 10 anos que as comédias de tamanho médio estão morrendo. Ainda assim, durante esse tempo, felizmente nós pudemos lançar um número suficiente de comédias de tamanho médio que foram bem e nos permitem continuar fazendo isso.

Filmes como ‘Festa da Salsicha’ e ‘Não Vai Dar’ conseguiram ir muito, muito bem, ainda que sejam exatamente o tipo de coisa que as pessoas dizem que não vai tão bem. Mas aí de vez em quando teremos um ‘Vizinhos’ que vai muito, muito, muito bem. É o que nos permite continuar fazendo isso.

E aí, concorda com o cara? Será que chegou a hora de classificarmos os filmes dos quadrinhos como Ação e Comédia ou ainda não estamos nesse ponto?

Ouça a nova música de Juliah!      
Compartilhar