Sebastian Bach
Foto via Wikimedia Commons
 

Sebastian Bach, ex-vocalista do Skid Row e atualmente em carreira solo, tem sido uma (surpreendente?) voz de sensatez durante esse período de quarentena e deu mais um exemplo disso.

Em seu Twitter, o músico deu uma declaração forte em relação às bandas que têm feito shows durante a pandemia nos EUA:

Quaisquer ‘músicos’ que estão dando shows de rock n’ roll nos Estados Unidos da América nesse período só querem o seu dinheiro e não dão a porra da mínima se vocês vivem ou morrem.

Respondendo a um usuário que elogiou a sua publicação, Bach esclareceu ainda mais a sua posição e ressaltou seu carinho pelos fãs, que para ele “significam mais do que dinheiro”. Ele disse:

Os meus fãs significam tudo pra mim, eles me deram uma vida incrível. Eu vou proteger os meus fãs. Meus fãs na verdade significar mais pra mim do que o dinheiro.

Máximo respeito!

Continua após os Tweets

Sebastian Bach

As falas de Bach não são uma surpresa para quem vem acompanhando seus posicionamentos nos últimos tempos.

Sempre crítico do presidente Donald Trump, o vocalista chegou a dizer que “faria um trabalho melhor” do que o atual presidente americano há algum tempo. Mais recentemente, ele ainda declarou que votar no atual mandatário te faz um “idiota completo” e criticou a gestão dele da crise do Coronavírus.

Enquanto isso, o último disco lançado pelo músico foi Give ‘Em Hell (2014), mas ele já afirmou estar trabalhando no sucessor do trabalho. Vale lembrar que nesse ano, ele deveria estar em turnê celebrando 30 anos do clássico disco de estreia do Skid Row.