Live do Caetano Veloso
 

Um dos maiores artistas da história da música brasileira, o incomparável Caetano Veloso finalmente cedeu aos milhares de pedidos que veio recebendo ao longos dos últimos meses e fez a tão aguardada live de quarentena nesta sexta-feira, dia 07.

O show teve motivo duplo: a comemoração de 78 anos do artista, completados nesta sexta, e também a celebração de Dia dos Pais, que comemorado no próximo domingo (09).

Para isso, Caetano juntou em sua apresentação seus três filhos: Moreno, Zeca e Tom, e chegou a afirmar durante a transmissão que só aceitou fazer a live para todos eles comerem bolo juntos.

Antes da última música, “How Beautiful Could A Being Be”, aliás, foi quando Tom entrou com o bolo na biblioteca de Caetano, de onde a live estava sendo transmitida, e fez o pai apagar as velinhas.

(continua após o tweet)

Caetano Veloso

A live de Caetano Veloso foi exibida com exclusividade pelo Globoplay, que ficou aberto para não assinantes durante o show, dando a oportunidade de todos assistirem ao espetáculo.

A direção da atração ficou por conta de Boninho, que chegou a ser citado por Caetano durante a transmissão.

No setlist, entre clássicos como “Leãozinho”, “Reconvexo”, “Tigresa” e “Coisa Acesa”, em homenagem a Moraes Moreira, dos Novos Baianos, Caetano também cantou pela primeira vez a música “Pardo”, composta por ele especialmente para o disco APKÁ!, da cantora Céu.

Outra novidade também foi “Talvez” que, como nós adiantamos aqui, foi lançada por Tom Veloso em parceria com o pai durante a live.

(continua após o vídeo)

Política

O artista aproveitou seu espaço na tela da emissora para dar alguns recados. Ele pediu doações ao Balé Folclórico da Bahia, que pode ser ajudado através do link de sua bio no Instagram, e brincou, aliás, com o fato de ter uma bio. “Preciso ler minha bio”, ironizou.

E também criticou o governo Bolsonaro, que no meio da pandemia do novo coronavírus, está sem um ministro da saúde interino e, segundo Caetano, tem um ministro do meio-ambiente que é contra o meio-ambiente. Ele citou também as centenas de mortes por conta da COVID-19 em aldeias indígenas.

Num momento mais descontraído, ele e Moreno se levantaram e dançaram à frente do palco improvisado em casa, repetindo assim os rituais do show Ofertório, registrado pelos quatro em 2018.

Você pode assistir a todos estes momentos no Globoplay, que disponibilizou a live completa em sua plataforma, desde que um cadastro seja feito. Basta clicar aqui.

E nós deixamos aqui nosso agradecimento a Paula Lavigne, esposa do cantor que tanto tentou o convencer a se render às lives de quarentena nos últimos meses e que, provavelmente, é uma das responsáveis pelo ocorrido ontem.

E claro, ao próprio Caetano! Pelo show, pela arte e por sua existência. Muito obrigado, Caetano! E parabéns!

Por Felipe Tellis e Tony Aiex