Ju Strassacapa
Foto: Reprodução/YouTube
Ouça playlist com clássicos do Rock!  

A incrível Ju Strassacapa acaba de lançar o clipe de “Duas Águas”, mais uma faixa de seu projeto solo. Ela falou com exclusividade ao TMDQA! sobre a nova fase da carreira.

Na semana passada, Ju já tinha disponibilizado em seu canal no YouTube seu primeiro vídeo solo, para a canção “Em Defesa Delas”, que conta com a participação de Raíssa Fayet e Moyenei Valdés. A produção do som ficou por conta de Mateo Piraces, seu companheiro na Francisco, El Hombre.

Na nova canção, Ju conta que quis trabalhar com outras pessoas para sair de sua zona de conforto e se desafiar artisticamente, apesar de confiar muito no trabalho e na parceria com Mateo.

Eu percebi que estava acomodada trabalhando com as mesmas pessoas, já que elas sabiam traduzir musicalmente o que eu estava querendo e não sabia dizer. Decidi então buscar outras parcerias para aprender a conduzir uma criação confiando na minha autonomia, intuição e nas pessoas que chamei para somar comigo.

Ju fez questão, inclusive, de ter uma equipe majoritariamente feminina e LGBTQI+, e chamou então para o trabalho Guilherme Kastrup, Raíssa Fayet e Alice Falcão.

Ele ficou responsável pela percussão, programação e beats, criados a partir do batuque numa cuia dentro de uma bacia de metal cheia de água. Além disso, junto com Ju, também conduziu o fluxo criativo coletivo.

Já Raíssa estimulou a artista a entender o que ela queria para a faixa através da voz e do sopro e, por fim, Alice ajudou a tecer as camas harmônicas da produção, além dos graves no bass-synth.

Ju foi só elogios ao trio, a quem endereçou adjetivos como incríveis e sensíveis, além de destacar que fizeram um trabalho “monstro” com maestria.

Para finalizar, ela mesma ainda botou a mão na massa e editou e programou alguns dos samples que dão à faixa a ambientação que ela queria.

Ju Strassacapa

Ju contou ao TMDQA! que a ideia de lançar um projeto solo está em sua cabeça há anos, mas que houve um tempo de maturação interna para ela entender o que seria esse projeto e como ele seria feito.

Sinto que agora estou segurando com mãos mais firmes o leme do meu rumo, sem deixar de perceber o movimento do vento.

Não só na nova “Duas Águas”, mas na carreira solo de uma forma geral, Ju quer se mostrar genuína e reverberar nas pessoas seu verdadeiro âmago. Por isso, ela conta que resolveu abraçar o desnudamento do novo processo tirando possíveis máscaras e se mostrando como é.

Com referências de Björk e Sinead O’Connor, trazidas pela própria equipe que Ju chamou para trabalhar, o vídeo de “Duas Águas” se mostra potente e cheio de significados, criados a partir da direção geral de Gabriela Mo e direção artística e make de Alma Negrot, que construiu o styling junto com a figurinista Bru Fernandes.

Ela afirma que a equipe da produção, aliás, foi se formando aos poucos. “Fiz como se tirasse cartas de tarot”, relembrando seu feeling inicial para convidar as primeiras pessoas que queria ter no projeto e que foram puxando organicamente outros profissionais para a equipe.

A sensibilidade, abertura e carinho de todes envolvides no processo me deixaram maravilhada. Parecia que éramos uma equipe há eras.

Por fim, ela afirma que a nova fase será que franqueza, mergulho interior e do belo, mas que nem sempre é fácil de engolir.

Ju Strassacapa diz que gosta de reconhecer suas mortes, transformações, descobrimentos e desapegos, e que pode ir da sexualidade à espiritualidade passando pela magia ritual; do eletrônico ao orgânico do tambor xamânico e pé no chão; das “brasileirisses” às latinidades tangendo os cantos de sanación das curandeiras e o amor pela Pacha Mama.

“Sou o que sou e canto meu ser inteiro”, finaliza.

Assista abaixo ao clipe de “Duas Águas”, nova faixa solo de Ju Strassacapa, da Francisco, El Hombre: