Senhora toca piano no Líbano
   

Os vídeos registrados após a catastrófica explosão em Beirute ontem (04) continuam chegando e mostrando as mais diversas situações na capital libanesa.

Como nós falamos por aqui, Serj Tankian (System Of A Down) publicou um vídeo do que parece ser um cenário de guerra após o incidente, e agora outro registro está viralizando na Internet.

Trata-se do vídeo de uma senhora tocando piano em um apartamento que foi claramente impactado pela explosão no Líbano.

Por lá, ela entoa uma triste melodia enquanto há pessoas se movimentando pelo local, provavelmente pensando nos próximos passos para a reconstrução.

Vale lembrar que ontem foi o primeiro dia de flexibilização das regras de distanciamento social por causa da pandemia do novo Coronavírus no Líbano, o que fez com que muitas pessoas fossem às ruas após um longo período em casa.

Você pode assistir ao vídeo logo abaixo bem como outro registro de uma missa que estava sendo transmitida pela Internet quando foi impactada pela explosão.

No vídeo é possível ver o padre sem saber o que fazer e sendo, inclusive, atingido por pedaços do teto que vão ao chão.

Nitrato de Amônio e a Explosão no Líbano

Se as primeiras informações que chegaram dos veículos locais davam conta de uma explosão em uma fábrica de fogos de artifício, agora os relatos já apontam para um outro problema.

Segundo fontes libanesas, a região da explosão abrigava um depósito de nada mais, nada menos do que 2.750 toneladas de Nitrato de Amônio, um fertilizante que não deve ser guardado em grandes quantidades justamente por causa do perigo de explosão.

O ideal é que ele seja transportado rapidamente entre os pontos de fabricação e utilização e caso seu armazenamento seja necessário, que seja feito em pequenas e controladas quantidades.

Ao mesmo tempo em que é um dos fertilizantes mais usados em todo planeta, o Nitrato de Amônio também é utilizado na fabricação de explosivos, e há relatos de que esse depósito armazenava o componente há pelo menos seis anos, estando na região desde 2014.

 
 
Compartilhar