Negro Leo -
Divulgação

A experimentação não é novidade na carreira de Negro Leo, que já havíamos destacado por aqui quando ele lançou o ótimo Action Lekking em 2017.

O cantor maranhense já chega ao seu nono álbum e continua se reinventando — talvez mais do que nunca — no excelente Desejo de Lacrar. Repleto de referências à Tropicália e repensando a sonoridade do movimento em um contexto moderno e sem medo de arriscar.

Baseado na expressão contemporânea “lacrar”, que surgiu na comunidade LGBTQ como uma glorificação de um argumento incontestável que não tem brechas para críticas ou defeitos, o trabalho ressignifica o termo através do olhar de Leo:

Lacrar é agir de forma insolente e revoltada. Vencer, se não de fato, virtualmente. Lacrar, na verdade, é o que nos resta.

Na obra, Negro Leo retrata o “discurso e representação do lacre” e os relaciona com os movimentos de direita. Ele ressalta que essa cultura foi instrumentalizada por estes durante os protestos de 2013, e observa:

Acabou resultando numa mudança de mentalidade mais abrangente que veio a dar no golpe e na ascensão do ultraliberalismo-escravocrata, que basicamente se comunica através do logos lacrador. Não por acaso Bolsonaro recebeu de seus seguidores a alcunha de ‘mito’

Negro Leo

É com essa perspectiva em mente que ele nos leva a uma viagem impressionante durante os quase 30 minutos de duração do disco, que já está disponível em todas as plataformas de streaming.

Original de Pindaré Mirim, Negro Leo passou pelo Rio de Janeiro antes de chegar a São Paulo e já se aproxima dos 10 anos de carreira — seu primeiro lançamento foi Ideal Primitivo, em 2012. Desde então, ele vem mostrando ano após ano que a música brasileira pode ser estendida a novas regiões sonoras e temáticas.

O artista já esteve em diversos países ao redor do mundo, inclusive festivais em lugares como México e Escócia e eventos especiais na China, além de marcar presença no circuito brasileiro com apresentações importantes na Virada Cultural Paulista e em eventos por todo o país.

Vale lembrar ainda que ele foi premiado em 2015 pela canção “Você Não Vai Passar”, interpretada por Ava Rocha, levando o troféu de “Novo Hit” no Prêmio Multishow de Música Brasileira.

Ouça Desejo de Lacrar logo a seguir!

TMDQA! SPOTLIGHT: assine a Newsletter oficial e gratuita do TMDQA! agora mesmo

Lançamentos da semana, Charts, textos exclusivos e muito mais: assine agora mesmo clicando aqui ou inserindo seu e-mail na caixa abaixo.

Compartilhar