Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

Fauves é um nome para deixar salvo por aí. Eles são uma banda de indie pop e dream pop de Glasgow, na Escócia, que mistura elementos de funk, soul e jazz. Essa mistura quer surpreender como o fauvismo, uma das vanguardas das artes plásticas do início do século XX que utilizava formas e cores vibrantes.

Conversamos com o guitarrista Rory Bradley e o vocalista Ryan Caldwell sobre inspirações e criações artísticas.

TMDQA!: Olá pessoal! Como está a quarentena por aí?

Rory Bradley: Estou tentando manter contato com todo mundo e não pensar tanto (risos).

Ryan Caldwell: Mesma situação, tentando aprender coisas novas também.

Rory Bradley: Tentando não ficar maluco.

TMDQA: Conheci vocês por um podcast da BBC e uma coisa maravilhosa no som que vocês fazem é como é difícil de categorizar. Como vocês definiriam o som de vocês?

Ryan Caldwell: Algo-funkeado-meio-pop-estranho. (Risos)

Rory Bradley: Tudo isso e nada disso também.

TMDQA!: O fauvismo, que inspirou o nome da banda, tinha como características buscar surpreender as pessoas. Isso foi algo que vocês buscaram como banda?

Rory Bradley: Sempre. E fazer isso para aproximar as pessoas.

Ryan Caldwell: Pensamos em causar um impacto nas pessoas que seja o mesmo que as músicas causam na gente. E pegamos inspirações em outras formas de arte também.

Rory Bradley: Consumimos diversos modos de arte e acho que isso vai refletindo na nossa música.

TMDQA!: O que podemos esperar pro futuro de vocês? Um EP, um álbum?

Ryan Caldwell: Ainda estamos produzindo e criando. Ainda não sabemos, mas será algo grande.

 

 
Compartilhar