Alexandre Frota e Gilberto Gil
Fotos via Wikimedia Commons e Shutterstock

O deputado, anarquista e ex-ator pornô Alexandre Frota vai ter que se desfazer de alguns de seus bens para pagar uma indenização ao cantor Gilberto Gil.

Conforme afirma a UOL, Frota perdeu uma ação judicial e foi condenado ao pagamento de R$90 mil — valor já corrigido para os dias atuais —, mas não tem como arcar com esse custo com o dinheiro que possui em conta.

O portal afirma que a juíza Renata Gomes Casanova determinou o bloqueio online, “porém o valor encontrado mostrou-se irrisório”. Segundo as informações, Frota teria apenas R$122,21 em conta e portanto lhe foi dado um prazo de 10 dias para apresentar os bens que serão penhorados.

Alexandre Frota e Gilberto Gil

De acordo com o Observatório de Música, o processo era relacionado a uma declaração de 2017 feita por Frota em seu Twitter.

Ele teria dito que Gil não poderia mais “roubar os cofres públicos”, insinuando que a lenda da música brasileira estaria tirando vantagem e desviando recursos através da Lei Rouanet.

Era melhor ter ficado quieto, hein?

 
Compartilhar