Tracklist de folklore, da Taylor Swift

Os fãs de Taylor Swift foram pegos de surpresa com o anúncio de um novo disco para essa sexta-feira (24), mas as parcerias da cantora no trabalho são ainda mais surpreendentes, como Bon Iver e Aaron Dessner, do The National.

Como te contamos por aqui, o último é coautor e produtor de 11 das 16 músicas de folklore. Agora, em uma publicação no Instagram, o músico contou a história de sua nova amizade com Swift durante a pandemia.

Em um longo texto, Aaron fala sobre como a cantora, que o chamou de “herói musical”, o abordou em abril deste ano. Tudo foi feito de forma remota, assim como boa parte dos outros vários colaboradores do álbum. Segundo Dessner, sua inspiração para as músicas veio inesperadamente:

Eu estava me isolando com minha família, mas escrevi uma tonelada de músicas nos primeiros meses de quarentena. Eu pensei que levaria um tempo para as ideias voltarem e eu não tinha expectativas quanto ao que poderíamos realizar remotamente. Mas algumas horas depois de compartilhar uma música, meu telefone se iluminou com uma mensagem de voz de Taylor de uma versão totalmente escrita de outra faixa — esse meu momento nunca parou de fato.

No texto, Aaron Dessner também elogia o produtor Jack Antonoff, colaborador de longa data de Taylor Swift e nomes como Lorde. Já ao falar sobre a cantora, ele completa:

Estou muito orgulhoso de todas essas músicas e profundamente grato à Taylor por me convidar e confiar em mim em seu processo. Ela é uma das artistas mais talentosas, trabalhadoras e preocupadas que já encontrei. Há uma humanidade palpável, calor e emoção tão crua nessas músicas, que eu espero que vocês as amem e sejam consolados tanto quanto eu.

Que incrível, hein? Não esqueça, folklore chega a todas as plataformas de streaming a meia-noite desta sexta-feira (24).

Logo abaixo você lê o texto completo de Aaron Dessner:

Eu fiquei empolgado e honrado quando Taylor me abordou ao final de Abril sobre talvez compor algumas canções de forma remota juntos. Eu estava me isolando com minha família, mas escrevi uma tonelada de músicas nos primeiros meses de quarentena. Eu pensei que levaria um tempo para as ideias voltarem e eu não tinha expectativas quanto ao que poderíamos realizar remotamente. Mas algumas horas depois de compartilhar uma música, meu telefone se iluminou com uma mensagem de voz de Taylor de uma versão totalmente escrita de outra faixa — esse meu momento nunca parou de fato. Nos meses seguintes, nós terminamos 11 canções remotamente (ela também gravou várias outras com Jack Antonoff) o seu mágico novo álbum ‘folklore’. Eu raramente fui tão inspirado por alguém e ainda é difícil acreditar que isso aconteceu – essas músicas surgiram em um período tão difícil. Isso não seria possível sem tanta ajuda, primeiro e antes de tudo do meu engenheiro Jon Now. E os belos arranjos do meu irmão Bryce Dessner em várias musicas do outro lado do oceano. Justin (@blobtower) ajudou a escrever e cantar uma bela música e tantos outros amigos da nossa comunidade contribuíram de forma brilhante de seus respectivos isolamentos – Ben Lanz (@lanzprojects), Bryan Devendorf (@postmoderndrummer), Bryce Dessner, @claricejensen, Dave Nelson (@dnelnelson), James McAlister (@900x), @jasontreuting, Josh Kaufman (@kaufyismynamo), JT Bates (@floortomjtbates), Kyle Resnick (@kresnick), Rob Moose (@mooserob), Thomas Bartlett (@tingalayo), e Yuki Numata Resnick (@kiyukiyukiyuki) — Mais sobre eles depois! Estou muito orgulhoso de todas essas músicas e profundamente grato à Taylor por me convidar e confiar em mim em seu processo. Ela é uma das artistas mais talentosas, trabalhadoras e preocupadas que já encontrei. Há uma humanidade palpável, calor e emoção tão crua nessas músicas, que eu espero que vocês as amem e sejam consolados tanto quanto eu.

Arte do álbum por @bethgarrabrant.

Publicação de Aaron Dessner

View this post on Instagram

I was excited and honored when Taylor approached me in late April about maybe writing some songs remotely together. I had been isolating with my family but writing a ton of music in the first months of quarantine which I shared. I thought it would take a while for song ideas to come and I had no expectations as far as what we could accomplish remotely. But a few hours after sharing music, my phone lit up with a voice memo from Taylor of a fully written version of a song — the momentum never really stopped. Over the next few months, we remotely finished 11 songs (She also recorded several others with the amazing @jackantonoff) of her magical new album “folklore”. I've rarely been so inspired by someone and it’s still hard to believe this even happened — these songs came together in such a challenging time. It wouldn't haven't been possible without so much help from first and foremost my engineer Jon Low (@heyjonlow). And my brother @brycedessner's beautiful orchestration on several songs from across the ocean. Justin (@blobtower) helped to write and sing a beautiful song and so many other friends from our community contributed brilliantly from their respective isolation — Ben Lanz (@lanzprojects), Bryan Devendorf (@postmoderndrummer), Bryce Dessner, @claricejensen, Dave Nelson (@dnelnelson), James McAlister (@900x), @jasontreuting, Josh Kaufman (@kaufyismynamo), JT Bates (@floortomjtbates), Kyle Resnick (@kresnick), Rob Moose (@mooserob), Thomas Bartlett (@tingalayo), and Yuki Numata Resnick (@kiyukiyukiyuki) — More on them later! I'm very proud of all these songs and profoundly grateful to @taylorswift for inviting me into and trusting me in her process. She is one of the most talented, hardworking and deeply caring artists I've ever encountered. There's a palpable humanity and warmth and raw emotion in these songs that I hope you'll love and take comfort in as much as I do. Album art by @bethgarrabrant.

A post shared by Aaron Dessner (@aarondessner) on

 
Compartilhar