Elon Musk
Foto via Wikimedia Commons
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

O bilionário e magnata da tecnologia Elon Musk tem uma proposta que pode mudar a vida dos fãs de música.

Ele tem investido em uma espécie de inteligência artificial chamada Neuralink que consiste em implementar um chip ligado por fios mais finos do que o cabelo humano ao cérebro de uma pessoa e, através dele, poderíamos adquirir diversas capacidades interessantes.

Além de servir como um potencial tratamento para questões de saúde mental como depressão e vícios, e teoricamente permitir que pessoas com paralisia controlem dispositivos, o chip poderá ser usado para ouvir música, ele revelou em um Tweet que você confere a seguir.

Será que o próximo álbum da Grimes, com quem teve o filho X AE A-XII Musk, vai vir nesse formato peculiar? Aguardemos!

Elon Musk e o Neuralink

É claro que as pessoas já estão surtando com as possibilidades que os equipamentos trariam — positivas e negativas.

Enquanto alguns especulam que o Neuralink poderia permitir que o ser humano “destrave todo o potencial do cérebro” e já falam até em “criar máquinas do tempo e de teletransporte”, outros enxergam os perigos que a tecnologia pode ter.

Ela poderia ser usada, por exemplo, para que mensagens secretas fossem enviadas diretamente ao cérebro e consequentemente poderia acabar resultado em comportamentos inadequados, já que não há até o momento qualquer menção sobre protocolos de segurança que impediriam ataques hackers ou uma manipulação indevida do chip.

E aí, você usaria?

 
 
Compartilhar