Foto: Divulgação

Tempos complicados para a banda de pop-punk Simple Plan. Muito complicados mesmo.

Dias após a saída do baixista David Desrosiers por conta de diversas acusações de abuso sexual — o músico assumiu todas elas -, chegou a vez de seu substituto também cortar relações com o grupo pelo mesmo motivo.

Chady Awad foi baixista de turnê (substituindo Desrosiers) e diretor de alguns clipes da banda, e um anúncio da empresa que gerencia o Simple Plan, a Coalition Music, deixa claro que ela não irá mais trabalhar com ele, como conta a Vice.

O cofundador da Coalition, Eric Lawrence, disse:

[Nos contaram] uma história que essa pessoa ouviu de outra, e a estamos levando extremamente a sério. Implementamos um processo para que a pessoa envolvida tenha a oportunidade de contar sua história com confiança e segurança.

Chady Awad responde

O músico negou as acusações em um comunicado publicado pela Vice. Segundo Awad, ele já não trabalha com a banda desde fevereiro deste ano, mas seu afastamento se deu por conta da pandemia e, também, da volta de Desrosiers. O baixista original ficou afastado dos palcos por anos por conta de sua luta contra a depressão.

Leia:

Discutimos todas essas coisas e a banda decidiu que fazia sentido não trabalharmos juntos; a decisão não foi tomada porque eles acreditaram nas alegações contra mim.

Esta ainda é minha vida e minha reputação em jogo aqui. Estou sem ideias para o que mais posso fazer, mas simplesmente não há verdade nesses rumores e quero deixar isso claro.

Tenso.

 
Compartilhar