Roger Taylor e John Deacon (Queen)
Fotos via Wikimedia Commons
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Responsável por icônicos trabalhos no baixo do Queen como a inesquecível linha de “Another One Bites the Dust”, John Deacon pode estar passando por uma situação complicada.

Pelo menos é o que acredita Roger Taylor, baterista da banda que segue ativa atualmente com Adam Lambert no lugar de Freddie Mercury como vocalista e com Neil Fairclough no baixo.

Em entrevista exclusiva ao Express UK, Roger deu a seguinte resposta quando foi perguntado se ele e Brian May ainda mantêm contato com John:

Na verdade não. O John meio que conscientemente se excluiu do mundo. Ele não gosta de ter contato com ninguém eu acho; acredito que ele está muito frágil e nós respeitamos isso. Ainda assim, ele é obviamente meio que nosso parceiro de negócios de alguma forma; nosso parceiro de negócios silencioso. Ele aproveita as recompensas financeiras, mas ele realmente não quer mais saber de nada que tenha a ver com a indústria musical. Eu não acho que ele sinta que queira lidar com isso e com tudo que vem junto. Enfim, não, nós não mantemos contato na verdade.

Queen

Vale lembrar que nos últimos dias o mesmo Roger chegou a comentar que o Queen provavelmente estaria fazendo novas músicas se Freddie ainda estivesse vivo, mas destacou que não saberia dizer se John estaria envolvido porque ele “não era muito preparado mentalmente para isso”.

Ainda na conversa com o veículo britânico, o baterista deixou claro que o isolamento de John não é apenas com o público em geral. Segundo ele, já tem pelo menos 16 anos que ele não encontra o baixista:

A última vez que eu vi o John, eu acho… que o [musical] ‘We Will Rock You’ tinha estreado seis meses antes. Eu o vi lá uma vez, no bar, ele só apareceu. E essa foi a última vez que eu o vi… provavelmente 2004.

Perguntado se ele achava que Deacon havia assistido ao filme Bohemian Rhapsody, que conta a história da banda e principalmente de Mercury, ele respondeu:

Eu imagino, quero dizer, eu não me surpreenderia se ele não tivesse visto. Eu simplesmente não sei. Somos todos diferentes, não é mesmo?

Falando em isolamento, Roger Taylor divulgou nos últimos dias a faixa “Isolation” que foi justamente gravada durante esse período de quarentena. Você pode saber mais sobre ela e ouvir por aqui.

 
 
Compartilhar