Neil Young muda letra para criticar Donald Trump
Reprodução/Neil Young Archives

O lendário Neil Young fez mais uma de suas sessões caseiras sensacionais, dessa vez sucedendo uma apresentação que contou com lhamas e galinhas na plateia.

O músico claramente foi inspirado pelo atual contexto político, já que trocou a letra da ótima “Lookin’ for a Leader” (2006) para torná-la mais atual e acabou transformando a canção em um claro protesto contra Donald Trump.

Por lá, ouvimos trechos como “Não precisamos de um líder / Que não sabe que as Vidas Negras Importam”, antes de afirmar que ele será tirado no voto em Novembro.

Neil também reforça a importância de Barack Obama — citado como uma esperança na versão original da faixa — e diz que “precisamos muito dele agora”, sugerindo ainda que “o cara que esteve atrás dele”, em referência a Joe Biden, deve assumir o lugar de Trump para “liderar um arco-íris de cores em um mundo quebrado que deu errado”.

Em meio a tudo isso, ele ainda apresentou outras canções como “Alabama” e a sua clássica antirracista “Southern Man”, além de uma cover sensacional de “The Times They Are a Changin'”, de Bob Dylan.

Por enquanto, a performance está disponível exclusivamente no site oficial do cantor.

LEIA TAMBÉM: Da neve à lareira: Neil Young fez sessão histórica e incrível em casa; assista