Wagner Moura em
 

Wagner Moura tem ganhado cada vez mais espaço no cinema internacional e muito disso vem graças às suas atuações em espanhol, como no seriado Narcos.

Recentemente, ele participou de mais uma parceria com a Netflix. O longa Wasp Network: Rede de Espiões entrou no ar no último dia 26 de Junho e fez com que o ator venezuelano Guillermo Garcia perdesse a paciência com o espanhol do brasileiro.

Em publicação encontrada pela Rolling Stone, Guillermo escreveu:

Sinto falta dos filmes que Wagner Moura fazia no Brasil. Quando falava em português e só em português. Sempre me pareceu um dos melhores atores do mundo. Mas não suporto vê-lo fazer colombiano e cubano porque NÃO SE ENTENDE UM CARALHO! Porra, cara! Tenho… Saudade! [em português]

A publicação original foi apagada, mas você pode conferir um print screen logo abaixo.

Wagner Moura e Rede de Espiões

Ator venezuelano critica Wagner Moura
Print Screen via Twitter

Certamente parte do motivo que Guillermo resolveu apagar o Tweet em questão é graças aos fãs brasileiros, que foram atrás do ator para defender o brasileiro.

Vale lembrar, no entanto, que essa não é a única polêmica de Rede de Espiões nos poucos dias após seu lançamento.

Como também lembra a Rolling Stone, a comunidade cubana exilada nos EUA pediu a retirada do filme do catálogo por alegar que ele “defende espiões de [Fidel] Castro, assassinos condenados nos Estados Unidos, e retrata José Basulto como um ‘Capo’ e os cubanos envolvidos na ajuda [aos refugiados] como terroristas”.

LEIA TAMBÉM: 10 atores que poderiam interpretar Lemmy Kilmister em filme biográfico