Pearl Jam
Foto por Danny Clinch
 

O guitarrista Stone Gossard, em nome de todo o Pearl Jam, compartilhou um texto emocionante sobre a tragédia que aconteceu durante o show da banda no Roskilde Festival em 2000 e que completa 20 anos nesta terça-feira, dia 30.

Na ocasião, nove pessoas morreram pisoteadas no evento ocorrido na Dinamarca e, desde então, “nada tem sido o mesmo”.

Num relato postado no site da banda e parte em seu Instagram, o músico relata uma rotina normal pré-apresentação que incluía chegar com cinco horas de antecedência no local do show e encontrar com outros artistas como Lou Reed, por exemplo.

Depois, segundo ele, esse dia se tornou o pior pesadelo da banda. “Todos os dias nossos corações continuam doendo e nossos estômagos se reviram com os pensamentos daqueles jovens que morreram,” escreveu.

O músico também disse que a paternidade dos integrantes do Pearl Jam os fez refletir ainda mais sobre a situação.

Nossa banda tem onze filhos, todos preciosos. Nossa compreensão da gravidade e a perda sentida pelos pais desses meninos aumentaram exponencialmente à medida que imaginamos nossos próprios filhos morrendo em circunstâncias como a do Roskilde 2000.

Stone Gossard lamentou o ocorrido e escreveu sobre como eles se sentiram na ocasião, sendo apontados, inclusive, como os culpados pelo acidente.

Todos deixaram de cumprir o que era necessário nos dias anteriores e após a tragédia. O festival, a mídia e nós. Recuamos e ficamos bravos depois de muitos relatos sugerirem que o Pearl Jam era responsável. Nossas palavras não ajudaram nesse ponto. Nós nos escondemos e esperávamos que não fosse nossa culpa. Desde então, tentamos mostrar o nosso melhor.

Pearl Jam no Roskilde 2000

O músico ainda escreveu que ao longo dos anos eles conheceram as famílias de algumas vítimas do ocorrido e, num dos momentos mais fortes de seu relato, postou que imaginou a sensação de alguém que tentou salvar quem estava sendo pisoteado, mas não conseguiu.

A vida de suas famílias e entes queridos que tiveram que suportar a dor imaginando suas mortes repetidas vezes e a realidade de nunca mais vê-las. Todas as pessoas no festival que testemunharam o que estava acontecendo e tentaram fazer algo, talvez puxando alguém para cima e não conseguindo. E aqueles, como a nossa banda, que nunca perceberam que alguma coisa estava acontecendo até que fosse tarde demais.

Abaixo você pode ver parte da publicação no Instagram do Pearl Jam e aqui você confere o relato todo em inglês direto no site deles.

Na publicação da banda, há um trecho de “Love Boat Captain”, canção lançada pela banda em 2002 com um trecho da letra de Eddie Vedder dizendo o seguinte:

É uma arte viver com dor, misturar a luz com o cinza,
Perdi nove amigos que nunca conheceremos, há exatos dois anos
E se as nossas vidas se tornarem muito longas, isso se somaria ao nosso arrependimento?

 
 
Compartilhar