Chico e o Mar
foto: divulgação
 

A banda mineira Chico e o Mar liberou no YouTube uma versão remixada de “Sereno”. A novidade marca o aniversário de um ano do lançamento da música.

O remix foi produzido por Enzzu e Nezq, ambos de São Paulo, em meio à quarentena imposta pelas autoridades públicas de saúde. Por causa da pandemia, o material foi finalizado respeitando o isolamento social.

Atualmente, o grupo se encontra em fase de pré-produção de seu primeiro disco, ainda sem título revelado.

Guermantes

Guermantes
foto: divulgação

A banda Guermantes disponibilizou nas plataformas de streaming o clipe para a faixa “Ate Amanhã”. Todo produzido de forma caseira em função da pandemia do coronavírus, o vídeo foi gravado em Nova Friburgo, no interior do Rio de Janeiro, onde os integrantes moram.

O lançamento acompanha a nova formação do grupo, que agora conta com Panda Valmont (guitarra), Eloisio Michalski (baixo) e João Clemente (guitarra e voz). Outro ponto de destaque é a ruptura com as letras em inglês.

“Decidimos pelo desafio de cantar em português porque ao ouvir a música nessa língua (ela havia sido primeiramente escrita em inglês) soou para nós como algo mais significativo e honesto. Somos fãs de muitos artistas que cantam em inglês e que não têm esta como sua língua nativa, inclusive muitos artistas brasileiros, porém para nós faz mais sentido agora, artisticamente falando, essa transmissão direta,” diz o vocalista João Clemente.

ritttual

ritttual
foto: reprodução

O novo projeto do músico Marcelo Santiago, ritttual, estreou com o lançamento da canção “calmaria”. A música, mixada por Lício Daf, está disponível no Bandcamp e o artista não deve incluí-la em outras plataformas digitais.

“Para algumas pessoas (ou momentos) «calmaria» pode significar algo positivo. Pausa, descanso. Em outros casos, perigo. Na navegação, «calmaria» é quando os ventos somem e embarcações à vela ficam presas, paradas em meio ao mar. A falta de movimento aproxima a morte. Achei que essa ambiguidade combinava com o momento atual,” comenta o artista, que gravou em parceria com Lício cada um de sua casa.

Mais que uma banda, o projeto traz a proposta de ser um coletivo, com direito a virar selo, festival, editora e até núcleo de pesquisa.

“Uma das inspirações foi a Factory, selo do Joy Division. Além de discos, eles incluíam como lançamentos do selo alguns dos cartazes que faziam para os shows de suas bandas e a própria boate que criaram (a Haçienda, parceria com o New Order), foi um lançamento do selo. A ideia do ritttual segue essa linha, de reunir diferentes produções alinhadas por um conceito em comum,” revela Marcelo.

As primeiras apresentações já estão marcadas para datas pós-quarentena, em festivais na Europa no meio de 2021.

calmaria by ritttual

$ifra

Fases
foto: divulgação

A gravadora gaúcha $ifra lançou no YouTube o clipe para o single “Fases”, assinado por Nando, Maza, Bauer e MJ. A faixa conta com beat de Jhonzy e o vídeo foi dirigido por Arthur Tuts, que filmou em Esteio, no Rio Grande do Sul.

“Além da participação do paulistano Bauer, esse single ainda é o primeiro da $ifra que traz uma conexão internacional, com o angolano MJ. Parcerias que estão levando o nome do rap gaúcho ainda mais longe e isso é muito maneiro,” explica Maza.

A canção faz parte do catálogo do selo que representa uma das principais referências do rap no sul do Brasil.

Delicatessen

Delicatessen
foto: Rau Krebs

Através da gravadora Audio Porto, a Delicatessen lançou nas plataformas digitais o álbum Happy Madness. Composto por sete faixas, o disco traz uma sonoridade que passeia entre o jazz americano e a bossa nova.

No trabalho, o grupo apresenta a nova vocalista Rowena Jameson, que saiu da Inglaterra para o Brasil em 2009 e nunca mais voltou para seu país de origem. A formação da banda é completada por Antônio Flores (violão), Mano Gomes (bateria) e Nico Bueno (baixo).

As gravações também contam com as participações especiais de Jorginho do Trompete (trompete) e Luiz Mauro Filho (piano).