Broadway em Nova York
Foto Stock via Shutterstock
   

Representantes de casas de espetáculos na Broadway confirmaram que o local não terá peças e musicais até janeiro de 2021 por conta da pandemia da COVID-19.

Reforçando ainda mais o quanto a indústria do entretenimento vai sofrer com os danos do vírus no mundo inteiro, a gigante dos teatros tomou a decisão após vários adiamentos para este ano. A cidade de Nova York, onde os espetáculos acontecem, foi uma das mais afetadas nos Estados Unidos.

Pessoas que compraram ingressos para peças até o dia 3 de janeiro já podem pedir reembolso. Tíquetes para o ano que vem serão vendidos em breve, mas com a ressalva de que esta pausa pode ser ainda maior.

Em comunicado, o presidente do conselho da Broadway, Thomas Schumacher, declarou (via Variety):

A experiência na Broadway pode ser profundamente pessoal, mas também é crucialmente comunitária. A alquimia de mil estranhos que se unem em uma única plateia alimentando cada artista no palco e nos bastidores será possível novamente quando os teatros da Broadway puderem hospedar casas cheias com segurança.

Cada membro de nossa comunidade está ansioso para voltar ao trabalho, compartilhando histórias que inspiram nosso público-alvo através do poder transformador de uma experiência ao vivo e compartilhada. A segurança de nosso elenco, equipe, orquestra e público é nossa maior prioridade e esperamos retornar aos nossos palcos somente quando for seguro fazê-lo. Uma coisa é certa: quando voltarmos, seremos mais fortes e mais necessários do que nunca.

Justo!

 
 
Compartilhar