Sacha Baron Cohen
Foto: Reprodução/Twitter
 

O comediante Sacha Baron Cohen pregou uma grande peça num grupo de extrema direita no último fim de semana nos Estados Unidos.

O ator conhecido pelo papel de Borat viu o anúncio de uma manifestação organizada por um grupo chamado Washington Three Percenters, marcada para ocorrer em Olympia, Washington, e quis tirar onda com o pessoal.

Ele entrou em contato com a equipe de protestantes e dispôs-se a se apresentar no evento como forma de entretenimento. E fácil assim, conseguiu o que queria e enganou a todos!

Com cabelos e barba falsas, além de enchimentos por baixo de sua roupa, o artista subiu ao palco interpretando um cantor country racista cantando sobre injetar o coronavírus no ex-presidente americano Barack Obama e no médico Dr. Anthony Fauci, que vem pesquisando sobre a doença no país e tenta aconselhar Donald Trump, em uma espécie de versão Mandetta/Bolsonaro de lá.

Depois de alguns minutos de show, quando a coisa começou a ficar estranha, os organizadores parecem ter percebido onde tinham se metido e até tentaram parar o comediante, mas não deu muito certo.

Sacha Baron Cohen tinha pensado em tudo e, para não ter seu microfone cortado, como tentou fazer a organização do evento, levou como apoio para cima do palco algumas pessoas de sua “produção”, que impediram que isso acontecesse.

Caso a coisa piorasse, um plano de fuga também já tinha sido elaborado e foi justamente com ele que o artista saiu do local: dentro de ambulâncias estrategicamente posicionadas ao lado do palco.

Sacha Baron Cohen

Engana-se quem pensa que o plano de Sacha Baron Cohen era “só” esse.

Depois de tudo, o comediante ainda voltou ao local de encontro dos manifestantes de extrema direita, dessa vez na pele de um jornalista que foi cobrir o evento e que quis entrevistar a organização para saber justamente do problema ocorrido mais cedo.

Não se sabe ainda se tudo foi gravado e faz parte de um projeto futuro do comediante, mas abaixo você confere alguns registros do plano mirabolante do artista:

 
 
Compartilhar