Crise do Coronavírus
Foto Stock via Shutterstock
 

Gostaríamos de estar publicando especiais como fizemos no começo da pandemia, como o quadro “Notícia Boa do Dia”, mas tá cada vez mais difícil ser esperançoso quanto ao Coronavírus.

Hoje mais cedo o UOL publicou um levantamento sobre os casos de Coronavírus no país e uma estatística pra lá de triste se destacou entre tantos números: Maio de 2020 é o mês com mais mortes em toda história do país.

De acordo com o estudo, a principal causa dessas mortes é a COVID-19, doença causada pelo novo Coronavírus, e até amanhã desta quinta-feira (25), os cartórios brasileiros haviam registrado 123.861 declarações de óbito, sendo que dessas, 24.111 eram da doença.

Para efeito de comparação, em Maio de 2019 foram registradas 109.479 declarações de óbito no Brasil, o que significa que o mesmo mês, em 2020, teve uma alta de 13,1%.

Inverno e Mais Mortes

Vale notar que, como aponta a matéria, historicamente o mês de Julho é o que registra mais mortes no país, já que o número de doenças respiratórias cresce consideravelmente por conta do Inverno e das temperaturas baixas.

Além disso, outras doenças como problemas cardiovasculares também se agravam por conta de doenças virais respiratórias, o que significa que a tendência é termos novos (tristes) recordes de mortes nos próximos meses.

Antes de Maio de 2020, os recordes de mortes no Brasil eram todos de Julho, sendo esse mês nos anos de 2017, 2018, 2016 e 2019, nessa ordem.

Há, ainda, a possibilidade de que os próprios números de mortes de Maio aumentem, já que o Portal da Transparência da Arpen (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais) recebe informações que podem levar tempo até serem processadas.

Assim, há registros de óbitos que poderão ser contabilizados no futuro em relação ao mês mais mortal de todos os tempos.

Sempre que possível, não pense duas vezes: fique em casa.

 
 
Compartilhar