15 melhores vocalistas da música pesada
Fotos via Wikimedia Commons

A música pesada não é um estilo acessível para todos.

Nós já tentamos nesta lista recomendar bandas do tipo às pessoas que não estão tão familiarizadas ao gênero ou àqueles que queriam expandir seus horizontes dentro dele, mas sabemos que alguns simplesmente não conseguem digerir o som por conta de sua abordagem agressiva.

E sabemos também que um dos grandes motivos para isso é o vocal, que geralmente inclui gritos ou os famosos guturais. Muitas vezes subestimados e tratados como algo que “qualquer um consegue fazer” por ser “só gritaria”, os vocalistas do gênero constantemente são rechaçados por fãs de música e não lhes dão o devido respeito.

Por isso, resolvemos reconhecer através de uma lista 15 vozes marcantes que julgamos serem as melhores nesse aspecto. Para elencá-las, consideramos vários fatores: a capacidade dos gritos/guturais, a voz limpa, a influência e legado e, claro, a energia colocada nas performances.

Em resumo: não é uma competição de quem grita melhor, e sim uma escolha baseada no “conjunto da obra”, como falamos popularmente. Vem com a gente e nos lembre se esquecermos de alguém!

15Chris Barnes (Six Feet Under)

Chris Barnes é dono do gutural mais brutal do Death Metal. Ele usa muito pouco as outras técnicas, como os gritos agudos, mas sempre é igualmente preciso quando se arrisca nesses lados.

14Dani Filth (Cradle of Filth)

O alcance do vocalista do Cradle of Filth é extremamente invejável. Ao mesmo tempo que Dani Filth tem alguns dos agudos mais potentes do universo Metal, ele constantemente mostra que tem muita consciência nos graves que faz e a sua voz falada, usada em diversos trechos, está entre as melhores do gênero.

13George Clarke (Deafheaven)

O Black Metal definitivamente tem seus méritos, mas é um estilo que vem cada vez mais se associando a pensamentos preconceituosos e, com isso, afastado diversos de seus fãs. Felizmente, o Deafheaven trouxe um novo respiro à sonoridade com uma mistura única de influências de estilos como o shoegaze que culmina na incrível voz de George Clarke com seus gritos agudos que invejam muitos dos “dinossauros” do gênero, que já vêm perdendo suas vozes com o passar dos anos.

12Adam “Nergal” Darski (Behemoth, Me and That Man)

Se formos levar em conta apenas o trabalho com o Behemoth, talvez o icônico Nergal perdesse algumas posições. No entanto, o projeto Me and That Man mostra que ele também sabe — e muito — cantar de forma limpa, tratando-se de uma escolha puramente estética não usar isso com sua banda mais famosa. E, bom, o cara foi jurado do The Voice polonês. Então, quem somos nós para deixá-lo de fora?

11H.R. (Bad Brains)

Tudo na música pesada que veio depois do Bad Brains foi influenciado pelo Bad Brains. E a cara da banda sempre será H.R., que transborda agressividade em sua voz e ao mesmo tempo exala a paz quando o grupo se arrisca no Reggae. Além de tudo, suas performances são disparadas as mais enérgicas dessa lista!

10Serj Tankian (System of a Down)

Serj Tankian é a prova viva de que você não precisa necessariamente usar gritos o tempo todo para cantar música pesada. Mas no maior hit do System of a Down, “Chop Suey!”, temos um ótimo exemplo de como ele consegue fazer uma voz pra lá de agressiva — além de simular uma conversa consigo mesmo enquanto canta. Uma verdadeira lenda!

9Corey Taylor (Slipknot, Stone Sour)

A voz de Corey Taylor é tão reconhecível que acaba sendo o único motivo pelo qual ele não está em uma posição melhor na lista. Seu estilo vocal é muito constante e, por mais incrível que isso seja, também limita um pouco o cantor — ainda assim, ele ganha muito respeito por ter uma das melhores vozes limpas do Metal (se não a melhor), como mostra em “Snuff”, “Bother” e tantas outras.

8Max Cavalera (Sepultura, Soulfly, Cavalera Conspiracy)

Muitos críticos de Max Cavalera falam que ele anda perdendo a voz com os anos. Essas pessoas certamente não viram performances do cara com o Cavalera Conspiracy em que ele parece estar reproduzindo as versões de estúdio de clássicos do Sepultura, se é que não traz ainda mais peso às canções. E falamos isso sem clubismo nenhum!

7Phil Anselmo (Pantera)

É uma pena o que se tornou Phil Anselmo nos últimos anos, mas é inegável o legado dele à música pesada. Com seu estilo vocal que transita entre influências do Metal e do Hardcore, seu alcance absurdo exibido em faixas como “Cemetery Gates” e mais está marcado nas mentes de todo fã do gênero até hoje.

6Alissa White-Gluz (Arch Enemy)

Há muita disputa sobre quem é a melhor vocalista que o Arch Enemy teve mas, por mais que Angela Gossow seja fantástica, a técnica e o alcance de Alissa White-Gluz fazem com que ela seja a escolhida para essa lista. De toda forma, quem realmente perdeu nessa história foram os juízes do programa Canadian Idol, que dispensaram a cantora depois que ela apresentou “Bohemian Rhapsody”, do Queen, em uma demonstração de sua capacidade de transitar entre estilos.

5Phil Bozeman (Whitechapel)

Conhecido por ter o gutural mais pesado dos tempos modernos e talvez da história, Phil Bozeman mostra em canções mais recentes do Whitechapel que seu talento vai muito além. Sua belíssima voz limpa ganhou espaço no disco The Valley (2019) e fez a banda transcender o Deathcore para chegar a um novo espaço sonoro.

4Spencer Chamberlain (Underøath)

A forma como Spencer Chamberlain consegue trocar entre seu registro de voz limpa e suja é totalmente impressionante. Ainda que tenha o apoio do ótimo baterista e vocalista Aaron Gillespie em algumas partes, Spencer conseguiria carregar as canções do Underøath sozinho e é provavelmente o melhor vocalista que já surgiu na cena Screamo/Metalcore.

3Randy Blythe (Lamb of God)

Randy Blythe é uma contradição no mundo dos vocalistas de Metal. O cantor do Lamb of God constantemente fala que nunca aprendeu a gritar e só “descobriu” que conseguia produzir com sua voz um som dos mais brutais. Assim, o cara que era apenas “um garoto Punk” se transformou em uma lenda da música pesada.

2Kyo (Dir en grey)

Explicar a voz de Kyo é uma tarefa quase impossível. Aliás, o vocalista japonês certamente seria reconhecido mundialmente como a melhor voz do Metal se cantasse em inglês: seu gutural é assustador de tão pesado, sua voz limpa poderia tranquilamente ser usada em música Pop e seu alcance lembra muito o lendário Mike Patton. Se você não o conhece, conheça!

1Chester Bennington (Linkin Park)

O que Chester Bennington fez à música pesada ficará marcado para sempre. Com seu potencial vocal sem igual e sua técnica impecável que tranquilamente passeava entre o limpo que parecia vir dos céus e o sujo que definitivamente não vinha de lá, o vocalista colocou o Linkin Park para tocar canções como a pancada “Faint” em rádios mundo afora.

Se hoje existe uma cena Metalcore, pode ter certeza que grande parte disso se deve a Chester. Aliás, praticamente todo aspirante a vocalista de Metal precisa, no mínimo, estudá-lo superficialmente. Fica a nossa homenagem ao grande ídolo!