Prédio da Live Nation em Beverly Hills
Foto Stock via Shutterstock

Live Nation, maior produtora de entretenimento do mundo, divulgou essa semana um memorando em que anuncia mudanças em suas políticas de negociação e as notícias não são nada boas para a classe artística.

Para tentar sobreviver após a crise do Coronavírus, a empresa está fazendo com que suas regras incluam menos benefícios aos artistas e traga punições maiores em casos específicos, incluindo uma multa de duas vezes o cachê para cancelamentos que não respeitem o contrato, algo inédito na indústria como conta a Billboard (via Rolling Stone).

A principal mudança, no entanto, é sobre o pagamento antecipado. O dinheiro prometido antes das apresentações será reduzido em 20% e, se o show for cancelado devido a vendas ruins, a empresa não se compromete mais a pagar 100% do valor garantido (como faz hoje) e estipula que apenas 25% será pago.

Em relação à pandemia, várias cláusulas foram adicionadas para especificar as normas de conduta caso uma situação similar aconteça no futuro. Isso inclui, por exemplo, a devolução de pagamentos adiantados recebidos por artistas em alguns casos.

Você pode conferir todas as mudanças na nota, disponível na íntegra e traduzida abaixo.

Live Nation e mudanças das políticas

A pandemia global mudou o mundo nos meses recentes e com ele as dinâmicas da indústria musical. Nós estamos em tempos sem precedentes e precisamos nos responsabilizar adequadamente pela mudança na demanda de mercado, o aumento exponencial de certos custos e o aumento geral de incerteza que afeta materialmente a nossa missão. Para que nós possamos seguir em frente, precisamos fazer certas mudanças aos nossos acordos com artistas. As mudanças de princípios para 2021 estão abaixo.

Garantias de Artistas: As garantias de artistas serão ajustadas 20% para baixo em relação aos níveis de 2020.

Preços de Ingressos: Os preços de ingressos são definidos pelos promotores, com a discrição apenas dos promotores, e estão sujeitos a mudanças.

Termos de Pagamento: Os artistas irão receber um depósito de 10% um mês antes do festival, contingenciado em um acordo cumprido e na realização das responsabilidades de marketing. O balanço, menos as deduções padrões de impostos e custos de produção, será pago após a performance.

Requerimentos Mínimos de Marketing: Todos os artistas deverão assistir no marketing do festival através de requerimentos mínimos de postagens em mídias sociais delimitados na oferta dos artistas.

Requerimentos de Transmissão: Todos os artistas deverão permitir que suas performances sejam filmadas pelo festival para uso em transmissões ao vivo pela televisão, pela web, streaming on-demand e/ou transmissão ao vivo por satélites de rádio.

Escalação: Todas as decisões em relação à “escalação de festivais” são de responsabilidade única do promotor.

Merchandise: O comprador irá reter 30% das vendas de merchandise dos Artistas e mandará 70% ao artista dentro de duas semanas após o Festival.

Passagens Aéreas e Acomodações: Essas despesas serão de responsabilidade do artista.

Patrocínios: O promotor controla todo o patrocínio do festival sem quaisquer restrições, e os artistas não poderão promover marcas nos palcos ou em suas produções.

Cláusula Radial: A violação de uma cláusula radial [prática de não se apresentar em local a um certo raio do festival dentro de um prazo estipulado] sem autorização prévia e escrita do festival, com a discrição do próprio festival, resultará em uma redução do pagamento do artista ou a remoção do artista do evento, com quaisquer depósitos feitos pré-evento devendo ser retornados ao festival imediatamente.

Seguro: O artista deve manter o seu próprio seguro de cancelamento uma vez que o promotor não é responsável pelo cachê do artista no evento de um cancelamento do festival devido ao clima ou uma força maior.

Cancelamento do Artista: Se um artista cancelar sua performance em rompimento do acordo, o artista irá pagar ao promotor duas vezes o cachê do artista.

Cancelamento Devido a Vendas Baixas: Se um show for cancelado devido à baixa venda de ingressos, o artista irá receber 25% do garantido.

Força Maior: Se a performance for cancelada devido a um evento de força maior — incluindo uma pandemia similar à COVID-19 — o promotor não irá pagar o cachê ao artista. O artista é responsável por obter qualquer seguro de cancelamento para sua performance.

Impossibilidade de Usar a Capacidade Completa da Casa: Se o promotor — seja devido às ordens da casa ou de qualquer entidade governamental — não puder utilizar a capacidade completa da casa, então o promotor pode encerrar o acordo, e o artista irá devolver qualquer dinheiro previamente pago.

Estamos completamente cientes da significância dessas mudanças, e nós não fizemos essas mudanças sem considerações sérias. Nós apreciamos que vocês — e todos os artistas — entendam a necessidade de fazermos essas mudanças para permitir que o negócio de festivais continue não apenas para os artistas e produtores, mas também para os fãs.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!