Corey Taylor com o Slipknot na Rússia, 2011
Foto de Corey Taylor via Shutterstock

Os fãs de Corey Taylor já não aguentam mais esperar pelo primeiro disco solo do cara, prometido há um bom tempo. Agora, o vocalista deu novidades boas sobre o trabalho.

Em entrevista ao Mosh Talks With Beez para o site do Knotfest (via The PRP), Taylor confirmou a banda de apoio com a qual tocou no disco. Corey revelou que Christian Martucci (guitarra, Stone Sour), Zach Throne (guitarra), Jason Christopher (baixo, Prong) e Dustin Schoenhofer (bateria, Walls of Jericho) estão com ele na empreitada.

O cantor ainda afirmou que gravou mais de vinte e cinco músicas para o álbum, mas apenas treze estarão no corte final — incluindo, possivelmente, algumas covers.

Corey falou um pouco, também, sobre o que esperar da sonoridade:

É tudo o que eu queria que fosse. Tem um pouco de Slade lá, tem Johnny Cash, tem Alice In Chains. Quero dizer, grandes refrães, um rock divertido, solos enormes — grandiosos. É incrível. Eu, na verdade, há dois anos, comecei a aprender piano sozinho só para poder gravar essa música que escrevi para minha esposa, e fui capaz de tocá-la e gravá-la. E é muito boa — provavelmente é uma das melhores coisas que já escrevi.

Ele continua:

A vibe geral deste álbum é divertida, de festa. Você coloca pra tocar quando quer se sentir bem. […] O jeito que eu o vejo é como uma nostalgia futurista. Tudo neste álbum é um híbrido de todos esses gêneros diferentes que eu realmente gosto.

E aí, animou?

 
Compartilhar