Bruce Springsteen e Donald Trump
Fotos Stock via Shutterstock
   

Estados Unidos e Brasil têm muito em comum nos seus líderes: ambos amam de paixão uma tal de cloroquina e não fazem muita questão de usar máscaras de proteção contra a COVID-19 em eventos públicos.

Pois lá, em seu programa de rádio, o lendário Bruce Springsteen resolveu falar a respeito e não poupou palavras para Donald Trump, pedindo que o líder mostre “consideração” pelo povo que está representando:

Eu vou começar [o programa] mandando uma para o homem sentado atrás da mesa resoluta. Com todo o respeito, senhor, mostre um pouco de consideração e cuidado com os cidadãos do seu país e o seu país. Coloque uma merda de uma máscara.

Eu tinha outro programa preparado para transmissão essa semana nesse verão estranho e cheio de coisas diferentes acontecendo, mas com mais de 100 mil mortes de Americanos nos últimos meses e a resposta vazia e envergonhada dos nossos líderes, estou simplesmente puto. Essas vidas mereciam algo melhor do que se tornar apenas estatísticas inconvenientes para a reeleição do nosso presidente. É uma desgraça nacional.

Então ao invés de celebrar a alegria do Verão hoje, nós iremos contemplar as nossas atuais circunstâncias com o Coronavírus e o que ele custou à nossa nação. Iremos calcular o que perdemos, mandando orações aos mortos e para as famílias que eles deixaram para trás.

LEIA TAMBÉM: há 20 anos, Bruce Springsteen estreava canção sobre homem negro morto pela polícia com 41 tiros

 
 
FonteStereogum
Compartilhar