Killer Mike fala sobre racismo na TV americana
Reprodução/YouTube

Pouco tempo depois de um discurso emocionante sobre a morte de George Floyd e os protestos que tomaram conta dos EUA, o rapper Killer Mike (do Run the Jewels) voltou a falar sobre o tema em sua participação no programa de Stephen Colbert.

Por lá, o apresentador perguntou para Mike qual seria o papel das pessoas brancas para ajudar na luta contra o racismo. Ele ainda perguntou ao músico e ativista se o ideal seria só “ficar fora do caminho”, e o cantor respondeu (via Billboard):

Não, nós não precisamos que vocês fiquem fora do caminho. O que eu preciso que vocês façam é mandar ajuda financeira para algumas das organizações que eu acabei de nomear [mais informações abaixo], porque essas são as organizações que estão por aqui. E aí tirem suas bundas da cadeira e ajudem essas organizações fisicamente.

Mas o que eu preciso que a ‘América branca’ faça além de agora é entender que agora é sempre. Não é ajudar só no agora — é ser uma parte de arrumar isso sempre.

As organizações citadas por Killer Mike foram a New Georgia Project, o Movement for Black Lives e a Florida Rights Restoration Coalition. Por aqui no Brasil, foi organizado um site que centraliza as formas de ajudar nessa luta e você pode acessar neste link.

Killer Mike e o “dever de casa” contra o racismo

Para finalizar seu discurso no programa, Killer Mike ainda deixou um “dever de casa” bem importante para que pessoas brancas possam entender o movimento negro e a luta constante e longa contra o racismo.

Em resumo, ele pede para que as pessoas assistam aos vídeos de Jane Elliott no YouTube, uma professora branca que se tornou uma das maiores ativistas da causa negra principalmente por exercícios que conseguem dialogar com o público branco que não enxerga o racismo.

Mike diz:

A primeira coisa que eu quero que vocês façam é ir ao YouTube e Google e pesquisar ‘Jane Elliott’. E passem uma hora vendo a Jane Elliott ensinando as pessoas, não só falando… ela não está só falando, mas ela está ensinando as pessoas sobre o racismo que é dado a elas, que elas nem estão cientes de ter.

Ela faz a pergunta: ‘Quantos de vocês veem como as pessoas negras são tratadas nesse país? Quantos de vocês sabem como as pessoas negras [são] tratadas?’. E aí ela diz, ‘Se você gostaria de ser tratado assim, se levante’. E ninguém na plateia se levanta. Então isso te diz imediatamente, você sabe como nós somos tratados, você sabe que é um estorvo, você sabe que é problemático e errado, mas você simplesmente não faz nada porque é aquele fator do ‘bom, não é comigo’.

Se há um protesto acontecendo nas ruas, você precisa começar a entender que agora é a hora de se levantar — com as pessoas que estão apanhando. Com as pessoas que estão cansadas de ser tratadas dessa forma. Então meu dever de casa para toda a América branca, inclusive você, é passar uma hora aprendendo com Jane Elliott no YouTube hoje.

Você pode ver o vídeo com as declarações do rapper na íntegra abaixo. O mais recente disco do Run the Jewels, RTJ4, conta com participações de nomes como Zack de la Rocha (Rage Against the Machine), Mavis Staples e Josh Homme e já está disponível gratuitamente por este link ou pelo player abaixo no Spotify.