Protestos por George Floyd
Foto Stock via Shutterstock

Nos últimos dias o mundo inteiro viu, em choque, vídeos e fotos que mostram o assassinato brutal de George Floyd, homem negro morto por um policial branco em Minneapolis.

De acordo com a Variety, uma autópsia independente contratada pela família de Floyd concluiu que a causa da sua morte foi asfixia, o que significa que ele já estaria morto quando foi colocado em uma ambulância após a abordagem policial.

Em uma autópsia preliminar, conduzida por um legista do Condado de Hennepin, as indicações são diferentes, condenando uma mistura de razões para o falecimento, incluindo a combinação da violenta abordagem policial com problemas médicos preexistentes e possível abuso de álcool.

Já de acordo com um dos especialistas contratados, Michael Baden, a causa da morte foi asfixia devido à compressão do pescoço da vítima.

Além disso, o advogado da família, Ben Crump, disse:

George Floyd era um homem jovem e saudável.

Os oficiais o mataram com base em um joelho em cima do seu pescoço por quase nove minutos, e dos joelhos nas suas costas comprimindo os seus pulmões.

Derek Chauvin, policial que colocou o joelho no pescoço de Floyd, foi preso recentemente.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar