Emily Zamourka
Foto via Billboard
 

A vida de um artista não é fácil, especialmente quando é necessário sair do seu país de origem para arriscar uma chance em um lugar melhor. Foi o que Emily Zamourka tentou fazer, e rendeu uma história bem impressionante.

Em Setembro do ano passado, a mulher de 52 anos foi filmada por um policial cantando “O mio babbino caro”, uma ópera de Giacomo Puccini, em meio às ruas de Los Angeles e viralizou rapidamente. Em pouco tempo, sua identidade foi descoberta e ela foi encontrada.

Continua após o vídeo

Ela conta, então, sua história de vida: treinada em violino e piano, deixou a Rússia aos 24 anos de idade para ir aos Estados Unidos e deu aulas até sofrer com problemas de saúde. Depois de diversos empregos, ela relata (via Billboard) que em 2016 alguém roubou seu violino e ela ficou sem opção, sendo logo despejada de sua residência:

Foi assim que eu virei sem-teto. Quando eu não podia na verdade pagar qualquer uma das minhas contas ou do meu aluguel. Eu estou dormindo em um pedaço de cartolina agora no estacionamento. Eu estou dormindo onde posso dormir. Eu tenho pessoas que sentem pena de mim, mas eu não quero ser um estorvo para ninguém.

Eventualmente, ela recebeu uma proposta que parecia pronta para mudar sua vida.

Emily Zamourka

Como conta o Standard, relatos de fontes confiáveis diziam que Emily havia recebido uma proposta de contrato do produtor Joel Diamond, que já produziu inúmeros discos de artistas como Gloria Gaynor David Hasselhoff. O sonho viraria realidade!

Bom, nem tanto. Ainda de acordo com a publicação, a ideia seria lançar um álbum que misturasse elementos da música clássica com a música eletrônica — e já tinha até um título previsto, Paradise. Acontece que a proposta provavelmente não agradou Zamourka, que acabou recusando a oferta!

Ao invés disso, ela manteve sua palavra no que havia dito à época da primeira entrevista:

Eu vou ser muito grata a qualquer um que esteja tentando me ajudar a sair das ruas e ter o meu próprio lugar, ter o meu instrumento.

Em um belíssimo gesto, uma campanha de financiamento coletivo arrecadou mais de 80 mil dólares (mais de 430 mil reais) para Emily, que arrumou um advogado para lhe ajudar a reconstruir sua vida. E, o mais importante de tudo, sem ficar presa a qualquer contrato.

Mas não significa que ela tenha ficado parada: pouco tempo depois do viral, ela foi convidada para cantar a música que lhe deixou famosa em uma celebração especial na cidade. E o resultado incrível você confere pelo vídeo abaixo!

 
 
Compartilhar