Dante Mantovani
Foto: Reprodução / YouTube

Exonerado do cargo de presidente da Funarte duas vezes, o maestro Dante Mantovani finalmente resolveu falar a respeito das polêmicas nas quais se envolveu.

Quando assumiu o cargo a convite do atual presidente Jair Bolsonaro, ele foi alvo de inúmeras críticas pois um vídeo em seu canal do YouTube o trazia dizendo que o Rock And Roll estava associado a coisas como “aborto” e “satanismo”.

Além disso, ainda falou que bandas e artistas como The Beatles e Elvis Presley eram “projetos soviéticos” para “desvirtuar a juventude dos EUA” e “implantar o comunismo”.

Dante Mantovani, o Roqueiro Pesadão

Pois após a segunda exoneração, Dante finalmente atendeu a pedidos de veículos de imprensa e conversou com eles.

Há alguns dias, o cara participou de uma entrevista com o canal CNN Brasil e por lá pouco falou de cultura, usando todo o tempo para justificar seus vídeos que, inclusive, foram apagados do YouTube.

Por lá, ele falou que foi mal interpretado e que as críticas foram feitas em cima de “trechos” do que ele falou, já que o vídeo era mais amplo e tratava de uma discussão a respeito de livros que ele estava comentando e citando.

Em outra entrevista parecida à revista Veja publicada hoje (15), ele disse que estava “citando um pastor americano que cita essas coisas”, e cravou que a situação foi “uma criação da esquerda que queria tirá-lo do poder.”

Dante Mantovani vai além, dizendo que sempre foi roqueiro e começou no Rock: “Amo Pink Floyd, Iron Maiden, Metallica, Sepultura. Rock bem pesadão.”

Continua após o vídeo

Regina Duarte e Contradições

Na mesma entrevista para a Veja, o glorioso maestro diz algo que não parece ser muita surpresa, falando que a atual Secretária de Cultura, a atriz Regina Duarte, é uma “figura decorativa” no governo:

Está claro que a dona Regina não tem nenhum projeto para a cultura. Ela é totalmente despreparada para isso. Quando eu assumi a Funarte da primeira vez, em dezembro de 2019, recebi um áudio do presidente Bolsonaro em que ele dizia querer resultados e que não falássemos com a imprensa. Regina é uma pessoa influenciável. Todos os que trabalham com ela em Brasília sabem disso. Regina afirma que é aberta ao diálogo, mas nunca me recebeu no gabinete, nunca se dirigiu a mim. Ela está fazendo um ótimo trabalho de atriz. É a famosa figura decorativa.

Como bem apontou o Whiplash, as falas de Dante trazem diversas contradições, já que nos vídeos ele assumiu o papel de primeira pessoa nas declarações em vários momentos:

Nas capas dos discos dos Beatles… e eu indico um vídeo da Débora Garcia em que ela mostra certas imagens que fazem referência a rituais satanistas nos discos dos Beatles. Colocaram em prática as ideias da Escola de Frankfurt”;

Sei que muitas pessoas gostam, vão ter muitos comentários brigando, mas não vou deixar de falar aquilo que eu identifico como verdadeiro por essa razão.

Talvez por isso, o músico tenha removido os vídeos do ar.