Nasi e Edgard Scandurra, do IRA!
Foto por Carina Zaratin
 

É verdade – já se vão 13 anos desde que o IRA! lançou seu último disco de estúdio.

Agora, em 2020, o jejum será quebrado e a banda já tinha divulgado o lançamento de alguns singles inéditos. Entre eles, estava a incrível faixa “Mulheres à Frente da Tropa”, que acabou de ganhar um forte e emocionante videoclipe.

A faixa irá compor o novo disco, que leva praticamente o mesmo nome da banda, desconsiderando apenas o ponto de exclamação: IRA. O novo vídeo, entretanto, traduz em imagens a grande mensagem passada pela música.

Com sua maior parte gravada nas dependências da Ocupação 09 de Julho, em São Paulo, o clipe contou com a direção de Luciana Sérvulo e já está disponível no YouTube.

Assista ao videoclipe oficial logo abaixo.

IRA! e “Mulheres à Frente da Tropa”

A narrativa do clipe é desenvolvida a partir do sonho de uma senhora que, ao dormir em sua poltrona, enxerga diversas mulheres indo rumo a seus destinos. Dentre elas, importantes personalidades aparecem e são homenageadas.

Além das grandes brasileiras Marielle Franco, Dandara e Preta Ferreira, representantes dos movimentos MSTC, MTST e MST também são aclamadas. O vídeo ainda volta um pouco no tempo, como no momento em que uma sufragista norte-americana aparece em sua luta pelo direito de voto das mulheres.

A líder indígena Guarani Sônia Ana Mirim, a bailarina Sandra Miyazawa e várias outras ativistas, estudantes e artistas também participam e reforçam a importância da mensagem do clipe.

Um lindo coro de vozes femininas também ganha destaque na música. Nele, podemos ouvir a voz da cantora Virginie Boutaud, da saudosa banda Metrô.

[spoiler alert]: A parte final, em que Miyazawa é observada voando enquanto dança, é marcante.

Assista:

LEIA TAMBÉM: Em 2013, astronauta encantava o mundo com clipe de “Space Oddity” no espaço

 
 
Compartilhar